header top bar

section content

VEJA: Pastor repudia ‘chacotas’ à futura ministra que diz ter visto Jesus em goiabeira: “Deus faz assim”

Pastor Jonas Fernandes disse que é amigo pessoal da futura ministra e que conhece sua história de superação após ela ter sido abusada sexualmente na infância

Por Jocivan Pinheiro

17/12/2018 às 14h59 • atualizado em 17/12/2018 às 15h05

O pastor evangélico Jonas Fernandes, do Ministério Internacional Belém, em Parnamirim/RN, defendeu a futura ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, a também pastora Damares Alves, da denúncia de que sua ONG estaria envolvida com tráfico e exploração sexual de crianças indígenas, e também repudiou as “chacotas” nas redes sociais após a pastora afirmar, durante um testemunho na igreja, que viu Jesus em um pé de goiaba.

Em entrevista na TV Diário do Sertão, em Cajazeiras, pastor Jonas disse que é amigo pessoal da futura ministra e que conhece sua história de superação após ela ter sido abusada sexualmente na infância por um tio que também era pastor.

“Não tem ninguém como Damares para defender família, porque é alguém que tem uma história. Ela é vendida por aí como pastora evangélica. Não! Ela é uma mulher com mais de trinta anos de história acolhendo famílias e cuidando de pessoas”, disse o pastor.

VEJA TAMBÉMPastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita”

Damares Alves, futura ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos

No governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos será responsável também pela Fundação Nacional do Índio (Funai), entidade que citou a ONG Atini – Voz Pela Vida, fundada por Damares Alves em 2006, em investigação da Polícia Federal sobre supostos tráfico e exploração sexual de indígenas.

Pastor Jonas confirma que a ONG de Damares tira crianças indígenas de suas tribos, mas, segundo ele, para salvar suas vidas: “Ela vai na tribo e arranca de lá criança que estava condenada à morte, coisa que a Funai fechava os olhos. A Funai perseguiu Damares por mais de quinze anos. Hoje Damares é a líder da Funai. Deus faz assim”.

A pastora vai lançar no próximo dia 30, na Igreja Nazareno, Central de Brasília, o livro “Jesus sobe no pé de goiaba”, pela editora Canadense, que tem apenas duas obras no seu catálogo, ambas de Damares. O livro já está em pré-venda por.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Governador João Azevêdo fala sobre o afastamento político com Ricardo Coutinho e mudanças no Governo

TRAGÉDIA

VÍDEO E FOTOS: Delegado dá detalhes do grave acidente próximo a parque de vaquejada em Cajazeiras

ESPERANÇA

VÍDEO: Presidente da OAB declara que luta pela permanência da Vara do Trabalho de Cajazeiras não acabou

ENTREVISTA

VÍDEO EXCLUSIVO: Governador anuncia obras no Sertão, esclarece polêmicas e fala de relação com Ricardo