header top bar

section content

VÍDEO: Padre diz que não vê pandemia como Apocalipse, mas pede que a humanidade se arrependa dos pecados

Ao falar sobre arrependimento, ele lembrou o desfile da Mangueira no Carnaval deste ano que gerou polêmica por causa das várias representações de Jesus Cristo

Por Jocivan Pinheiro

08/04/2020 às 15h23 • atualizado em 08/04/2020 às 15h26

A pandemia do novo coronavírus está sendo interpretada por alguns religiosos como um evento apocalíptico. Mas para o padre Fabrício Timóteo, da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Taperoá-PB, a pandemia pode ser vista como o resultado de uma ‘lei natural’: o homem está colhendo o que plantou.

Embora não atribua a pandemia ao Apocalipse, o padre disse que a humanidade deveria estar refletindo sobre suas atitudes e se arrependendo dos seus pecados.

“Nós estamos colhendo um sinal de tantas coisas negativas que a humanidade plantou. Eu espero que a humanidade faça uma reflexão. Sinceramente, até agora eu não escutei a reflexão mais profunda de mudança de vida, de mudança de atitudes e, sobretudo, de mudança no coração”.

VEJA TAMBÉM

Em mensagem de Semana Santa, padre pede solidariedade às dores do mundo durante a pandemia

Ao falar sobre arrependimento, padre Fabrício Timóteo lembrou o desfile da Mangueira no Carnaval deste ano que gerou polêmica por causa das várias representações de Jesus Cristo. Ele disse que ainda espera um pedido de desculpa da escola de samba aos cristãos.

“Ridicularizam os valores religiosos e profanaram o nome mais poderoso que é o nome de Jesus, e profanaram o nome da mãe de Jesus, Maria santíssima. Eu ainda não vi um arrependimento dessa parcela da humanidade, uma contrição verdadeira, uma reflexão profunda de vida”.

DIÁRIO DO SERTÃO

FILHA DENUNCIOU

VÍDEO: Médico se nega a atender idosa com câncer avançado no hospital de Ipaumirim-CE e gera revolta

PANDEMIA NA PARAÍBA

VÍDEO: Secretário de Saúde fala quais fatores serão levados em conta para flexibilizar isolamento na PB

NA UTI E NAS ENFERMARIAS

VÍDEO: 11 pessoas se curaram da Covid-19 no Hospital Regional de Cajazeiras nos últimos cinco dias

ÍDOLO DA TORCIDA ALVIAZULINA

VÍDEO: Goleiro que fez história com a camisa do Atlético de Cajazeiras nos anos 90, morre no Pernambuco

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!