header top bar

section content

VÍDEO: Templo religioso de matriz africana oferece serviços sociais a comunidade carente em Cajazeiras

Fundadora relata as dificuldades que enfrentou para abrir o templo em Cajazeiras por causa do preconceito com a religião

Por Jocivan Pinheiro

10/09/2020 às 16h11 • atualizado em 10/09/2020 às 16h13

O Templo de Jurema da Rainha das 7 Catatumbas, em Cajazeiras, realizou na última segunda-feira (7) um mutirão de serviços para a comunidade que vive no seu entorno, no bairro Cristo Rei.

Através da Associação Jurema Raiz, as pessoas tiveram acesso gratuitamente a vários serviços, como cabeleireiro, manicure e pedicure, entre outros.

De acordo com a juremeira Patrícia Abravanel, que fundou a associação há mais de dez anos, o objetivo é ajudar a comunidade e ao mesmo tempo quebrar tabus relacionados à religião de matriz africana.

“Estamos sempre procurando ajudar as pessoas de todas as formas. Sempre que posso, faço algumas arrecadações e doações para poder amenizar a situação de muitas pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade”.

VEJA TAMBÉM

Religiões de matriz africana realizam inédita festa para Yemanjá no Açude Grande de Cajazeiras

Templo de Jurema da Rainha das 7 Catatumbas fica no bairro Cristo Rei, em Cajazeiras

Patrícia relata as dificuldades que enfrentou para abrir o templo em Cajazeiras por causa do preconceito com a religião: “No começo a gente pensa até em desistir, mas é um dom dado por Deus que temos que levar adiante, além do desejo de ajudar as pessoas”.

De acordo com a advogada Ana Tavares, a associação Jurema Raiz conta com apoio de psicólogo, cabeleireiro, assessoria jurídica, manicure e maquiador: “É uma associação sem fins lucrativos e que tem visão de crescimento da comunidade”, ressalta.

DIÁRIO DO SERTÃO

PEGA LADRÃO 2

VÍDEO: Suspeito de arrombar loja no centro de Cajazeiras durante a madrugada é preso em operação da PC

VITORIOSA

VÍDEO: Pollyana Dutra relata desafios de ser eleita deputada mulher e sem ter sobrenome forte

CONFUSÃO

VÍDEO: Em Sousa, radialista diz que vereador invadiu estúdio para ameaçá-lo, mas parlamentar nega

"ESCANTEADO"

VÍDEO: Vereador diz que vice-prefeito de Piancó foi usado na campanha e chama o prefeito de ditador

Recomendado pelo Google: