header top bar

section content

Presidente do COREN fala sobre jornada 12×36 para empregados da UNIMED de João Pessoa. CONFIRA!

O SINDESEP-PB ingressou uma ação judicial com pedido liminar para obrigar a Unimed-JP a manter inalterada a jornada 12x36 para todos os empregados

Por Ana Maria

03/01/2017 às 17h44 • atualizado em 03/01/2017 às 17h46

Unimed de João Pessoa (Foto: Reprodução/Internet)

O SINDESEP da Paraíba ingressou uma ação judicial com pedido liminar para obrigar a Unimed de João Pessoa a manter inalterada a jornada 12×36 para todos os empregados que trabalham nesta jornada, sob pena de pagar multa de R$ 5.000,00 por cada empregado prejudicado e este dinheiro ser revertido em favor do funcionário em caso de descumprimento da ordem judicial.

Em decisão liminar deferida às 12h35min desse sábado (31), o Juiz do Trabalho de Plantão, Dr. Sérgio Cabral dos Reis, determinou que Unimed-JP cumpra a sua ordem de imediato.

Dessa forma, o SINDESEP-PB tranquiliza os seus companheiros que não haverá mudança na escala 12×36, afirmando que agora lutará com mais força para que todos os empregados da Unimed-JP só trabalhem 13 plantões por mês e ganhem duas folgas mensais, como ocorre em todos os demais hospitais.

O presidente do COREN-PB, Ronaldo Beserra, falou que, apoia irrestritamente os profissionais de enfermagem da rede privada e filantrópica que estão nessa luta por dignidade de uma carga horária decente e respeitosa para que aja segurança para o paciente.

Ronaldo ainda parabenizou todos os profissionais, o presidente do SINDESEP-PB e seu advogado, que conseguiram a liminar na justiça para evitar esse desastre que iria acontecer dentro dos hospitais.

DIÁRIO DO SERTÃO

AOS POUCOS

VÍDEO: Alunos da rede municipal de ensino de Cajazeiras retornam às aulas presenciais gradualmente

PROBLEMA SE REPETE

VÍDEO: Vacinação em Cajazeiras tem tumulto, desorganização e pessoas ‘tatuando’ fichas nos braços

ELOGIOS

VÍDEO: Comandante do 5º BBM de Cajazeiras elogia cidade e diz que o Sertão da Paraíba é “diferenciado”

TRIBUNAL DE OLHO

VÍDEO: Prefeitura de Piancó recebe alerta do TCE por causa do número de contratados e altos salários

Recomendado pelo Google: