header top bar

section content

Estudante de seis anos morre dentro de ambulância na região de Cajazeiras; Prefeito emite nota de pesar

O prefeito, juntamente com toda a equipe municipal lamenta está imensa perda, manifestam pesar em solidariedade a família e amigos.

Por Luzia de Sousa

09/03/2017 às 23h31 • atualizado em 10/03/2017 às 10h09

Criança faleceu nesta quinta-feira (Foto: Arquivo pessoal)

É com imenso pesar que o prefeito José Gurgel Sobrinho (Dedé Candido) por meio da sua assessoria de imprensa comunica o falecimento da criança Neemias Alves da Silva, 6 anos de idade, aluno da Escola Municipal José Dias do Nascimento e filho de Luciana Servidora do Município e Célio Servidor da Câmara Municipal de Poço Dantas, ocorrido nesta Quinta-feira (9).

Neemias era aluno da Escola Municipal Rosa Dias do Nascimento, deixará um exemplo de dedicação e prestatividade e a certeza de que a sua memória nunca será apagada.

O prefeito, juntamente com toda a equipe municipal lamenta está imensa perda, manifestam pesar em solidariedade a família e amigos.

Disse-lhe Jesus: “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim ainda que morto viverá. E todo aquele que vive e crê em mim, jamais morrerá.” (João, 11:25-26).

Entenda
A criança teria passado mal em casa , foi socorrida para a cidade de Uiraúna em uma ambulância do município, mas devido a gravidade foi acionada a UTI móvel do SAMU, que interceptou o paciente ainda na BR-434, onde foi realizada uma tentativa de reanimação, mas sem êxito.

Ele foi a óbito e foi levado para a Casa de Saúde Padre Costa e de lá encaminhado para o IML de João Pessoa.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

PROTESTO

VÍDEO: populares vão às ruas para protestar contra a reforma da Previdência na cidade de Patos

VEJA VÍDEO

Padre de Cajazeiras revela curiosidades sobre o santo casamenteiro: “Faz milagre a pessoa encalhada”

SAÚDE

Dieta milagrosa? Médico diz que a compulsão e afetividade pela comida são perigosas para o emagrecimento

VÍDEO

Mototaxista reclama de multa cobrada na Zona Azul da cidade de Cajazeiras; “Está errado”