header top bar

section content

Médica brasileira irá à Suíça para ter morte assistida

Letícia Franco anunciou a decisão em rede social. O procedimento, segundo afirmou, fará com que ela se sinta livre “da dor e do medo”

Por Metrópoles

04/03/2018 às 10h14 • atualizado em 03/03/2018 às 13h18

Letícia Franco anunciou a decisão em rede social.

A médica Letícia Franco anunciou em sua rede social, nesta quinta-feira (1º/3), que viajará até a Suíça para ser submetida à morte assistida. A postagem – apagada posteriormente – gerou muitos comentários de amigos, alguns desejando sorte e outros lamentando a decisão. A informação é do portal O Livre.

“Em 16 dias, estarei longe, na Suíça, fazendo o que me deixará livre da dor e do medo. Acho que amanhã ou depois desligo esse Facebook […] A toda minha família, deixo meu mais sincero amor”, escreveu ela.

Letícia tem uma doença rara autoimune chamada dermatopolimiosite, que provoca inflamação crônica da musculatura, dores pelo corpo e nos músculos, febre baixa, desânimo e dificuldade para se movimentar. Estudos comprovam que a incidência da enfermidade varie de 2 a 10 pacientes a cada um milhão de pessoas por ano.

“Em muitos casos, a fraqueza muscular é a única manifestação, o que dificulta e retarda o diagnóstico. Os principais músculos acometidos são aqueles localizados nas coxas e na parte proximal dos braços.”, diz publicação da Sociedade Brasileira de Reumatologia.

No Brasil, a morte assistida é proibida. Holanda, Bélgica, Suíça e Alemanha estão entre os países que a permitem, além de alguns estados do Canadá e dos Estados Unidos.

Metrópoles

Fonte: https://www.metropoles.com/brasil/saude-br/medica-brasileira-ira-a-suica-para-ter-morte-assistida

Tags:
ENTREVISTA

EXCLUSIVO: Ricardo agradece eleitores, critica ‘brigas’ por cargos e diz qual será seu futuro político

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Possível fusão de secretarias em Cajazeiras é repudiada por colunista: “Seria andar para trás”

EXIGIU SILÊNCIO

ASSISTA: Jornalista pede demissão ao vivo após ser censurado por Bolsonaro

VISITA TÉCNICA

Após reclamações, vereadores constatam muitos veículos quebrados na garagem da prefeitura de Cajazeiras