header top bar

section content

VÍDEO: Presidente do CRF-PB explica por que farmácias podem ser fechadas se não tiverem farmacêutico

De acordo com Cila Gadelha, toda farmácia deve ter um(a) farmacêutico(a) dando suporte no local

Por Jocivan Pinheiro

08/05/2018 às 18h36 • atualizado em 09/05/2018 às 14h27

Uma das funções do Conselho Regional de Farmácia da Paraíba (CRF-PB) é fiscalizar os profissionais que estão atendendo nos estabelecimentos comerciais do ramo. Isso porque, de acordo com a presidente Cila Gadelha, toda farmácia deve ter farmacêutico(a) dando suporte no local.

Cila explica que qualquer pessoa pode abrir uma farmácia. Mas para o estabelecimento funcionar dentro da legalidade, é obrigatório que haja pelo menos um(a) farmacêutico(a) acompanhando os serviços, caso contrário o ponto pode ser interditado.

VEJA TAMBÉM: Com sousense no comando, CRF pretende inspecionar mais de sete mil farmácias na PB até dezembro

O CRF-PB pretende inspecionar mais de sete mil estabelecimentos do ramo até dezembro deste ano. Pelos números que Cila Gadelha apresentou, esta meta certamente será alcançada. Afinal, somente no primeiro trimestre quase duas mil inspeções foram realizadas em todo o estado. Sertão e Auto Sertão já foram praticamente concluídos.

PORTAL DIÁRIO

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras