header top bar

section content

Nutricionista sousense fala sobre a hipertensão e ensina receita de sal de ervas

Ricardo falou sobre a doença e ensinou uma receita de sal mais saudável para a saúde

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

20/07/2018 às 16h23

O nutricionista Ricardo Resende em seu comentário no Direto ao Ponto da TV Diário do Sertão desta semana, falou sobre a hipertensão e os cuidados necessários para controlar a doença.

Ricardo afirmou que o hipertenso deve ficar atento aos alimentos que devem ser consumidos:

“É preciso ter cuidado com vários tipos de temperos que a maioria das pessoas compram e usam em grande quantidade na alimentação

Hipertensão
Uma das doenças silenciosas que acometem a maioria da população mundial é a hipertensão arterial. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH), atualmente, 33% dos brasileiros sofrem com a doença, também conhecida como “pressão alta”. A hipertensão merece cuidado, pois a doença pode levar a outras consequências graves, como doenças cardiovasculares, acidentes vasculares e insuficiência renal.

DICA DE ESPECIALISTA

O Nutricionista aproveitou e para ensinar uma receita de sal saudável para você usar em casa.

O sal de ervas é uma alternativa interessante para substituir o sal comum refinado. Saiba como fazer:

Ingredientes

1 xícara de alecrim
1 xícara de manjericão
1 xícara de orégano
1 xícara de salsinha
1 xícara de sal.

Como fazer:

Bata todos os ingredientes no liquidificador e guarde em um recipiente de vidro com tampa.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

DINHEIRO NO BOLSO

VÍDEO: Show e Prêmios Alô da Sorte realiza mais um sorteio mensal da rodada extra; Saiba quem ganhou

PROFESSORES CONTRATADOS

VÍDEO: Após pressão de vereador, prefeitura de Cajazeiras confirma pagamento de salários atrasados

VIOLÊNCIA SEM PARAR

VÍDEO: Jovem é morto com vários tiros e mulher fica ferida após ser vítima de bala perdida em Cajazeiras

TRAGÉDIA

VÍDEO: Comandante da PM lamenta morte de vereador e diz que assassinos são conhecidos no crime