header top bar

section content

Professor da FAFIC de Cajazeiras portador de câncer faz apelo para conseguir doação de medula óssea

Não é necessário estar em jejum para fazer a doação. Os documentos necessários para a doação são: o cartão do SUS, documento com foto e comprovante de endereço. Seja solidário, doe!

Por Diário do Sertão

17/07/2019 às 10h18 • atualizado em 17/07/2019 às 11h11

Professor Heriano Azevedo precisa urgentemente de doação de medula óssea

O Professor universitário da FAFIC de Cajazeiras, Heriano Azevedo de Lucena é portador de Linfoma Não Hodgkin (LNH), um tipo de câncer que tem origem nas células do sistema linfático e que se espalha de maneira desordenada.

Heriano está internado na UTI do Hospital Unimed Recife III, Pernambuco. O seu estado de saúde é delicado, o mesmo precisa urgentemente de um transplante de medula óssea. Ele tem a probabilidade de 1 a cada cem mil para encontrar um doador compatível, por isso a campanha para conseguir o maior número de doadores.

São somente 10 ml de amostra de sangue colhida no braço. Se você deseja ser um doador bastar ir até a sede do Hemonúcleo de Cajazeiras, das 7:30 às 11:30, portando documento oficial com foto, ter entre 18 e 55 anos de idade, estar em bom estado geral de saúde e não apresentar doença neoplásica (câncer), hematológica ou imunológica.

Não é necessário estar em jejum para fazer a doação. Os documentos necessários para a doação são: o cartão do SUS, documento com foto e comprovante de endereço. Seja solidário, doe!

DIÁRIO DO SERTÃO com informações de Ângelo Lima

Recomendado para você pelo google

ELEIÇÕES 2020

VÍDEO: Paula revela quem ela e Zé Aldemir apoiarão nas eleições das cidades de Uiraúna e Santa Helena

EXPLICAÇÕES

VÍDEO: Governador diz que falta de legista no fim de semana no IPC de Cajazeiras está sendo resolvida

CARNE OU OVO?

VÍDEO: após o aumento do preço da carne, consumo de ovos dispara na cidade de Sousa

PSB RACHADO

VÍDEO: Jeová diz que não apoia Denise como candidata a prefeita: “Ela se colocou como minha adversária”