header top bar

section content

Paraíba receberá mais de R$ 4 milhões para acabar com as filas de espera de cirurgias eletivas pelo SUS

As cirurgias consideradas eletivas são aquelas que não possuem grau de urgência como catarata, varizes, hérnia, vasectomia, laqueadura, entre outras

Por Tanammy Freire

07/01/2020 às 10h31 • atualizado em 07/01/2020 às 10h35

Realização de cirurgia oftalmológica

Em 2018 foram realizadas 2,4 milhões de cirurgias eletivas no Brasil. Já em 2019 até o mês de outubro teriam sido realizadas 2 milhões de cirurgias desse tipo pelo SUS (Sistema Único de Saúde) .

As cirurgias consideradas eletivas são aquelas que não possuem grau de urgência como catarata, varizes, hérnia, vasectomia, laqueadura, entre outras.

O Ministério da Saúde disponibilizou para o estado da Paraíba R$ 4.775.000,00 milhões na tentativa que as filas de espera para essas cirurgias se acabem, e que o tempo de espera das que já estão agendadas diminua. As cirurgias eletivas são oferecidas de forma integral e gratuita pelos hospitais de todo o País. As cirurgias mais procuradas pelos pacientes são as oftalmológicas.

VEJA TAMBÉM 

Jovem de 31 anos morre após dar entrada no Hospital Regional reclamando de fortes dores

Será de responsabilidade dos gestores organizarem e definirem os critérios para funcionamento e garantia aos pacientes do acesso aos procedimentos cirúrgicos.

O recurso será disponibilizado levando em consideração a população per capita de cada estado, e o teto MAC de cada município(Média e Alta Complexidade). Só será disponibilizado por meio do componente Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (FAEC). É necessário que os gestores de cada município apresentem a produção executada no SUS .

Redação DIÁRIO DO SERTÃO 

POPULAÇÃO ASSUSTADA

VÍDEO: Após surto de Covid-19 e três mortes, prefeito de Itaporanga sofre pressão e emite novo decreto

PODE TER SHOW

VÍDEO: Músico explica exigências da Prefeitura de Cajazeiras para liberar shows em bares e restaurantes

DEFESA DA VIDA

VÍDEO: Padre defende decisão que proíbe comícios na região de Cajazeiras: “Tem-se brincado com a morte”

TUMUILTO EM DELEGACIA

VÍDEO: Vice-presidente da OAB-PB se solidariza com advogados agredidos durante confusão filmada ao vivo

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!