header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Presidente do TJPB diz que prioridade é do Fórum de Sousa e não de Cajazeiras. Vídeo!

Fátima Bezerra afirmou que a prioridade será a reforma do Fórum da cidade de Sousa

Por

11/05/2013 às 10h26

A partir de junho, as atividades judicantes da comarca de Sousa passarão a funcionar em apenas um prédio, até que a reforma do Fórum “Dr. José Mariz” seja concluída. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (10) pela presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), desembargadora Fátima Bezerra Cavalcanti, durante visita à unidade judiciária, de 2ª entrância. Essa medida atende também às solicitações da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Subseção sousense, e dos jurisdicionados.

Durante a reunião,  Fátima Bezerra afirmou que a prioridade era a construção do Fórum de Cajazeiras, mas ao chegar em Sousa, presenciou in loco os problemas estruturais da justiça sousense, e afirmou que a prioridade será a reforma do Fórum da cidade de Sousa.

Na oportunidade, presidente Fátima Bezerra conheceu o prédio onde vai abrigar todas às varas judiciais, além de dialogar e debater com os magistrados, servidores e advogados assuntos de interesse do foro local. Ela estava acompanhada do juiz auxiliar da Presidência do TJPB, Onaldo Rocha de Queiroga, e da diretora do foro local, juíza Ivana Mozart Bezerra Soares Moura.

“Após uma análise técnica, verificamos que há a necessidade de uma grande reforma no Fórum Dr. José Mariz, que disponibilizará de uma estrutura adequada para atender melhor os juízes, servidores, advogados, promotores de Justiça e os jurisdicionados”, afirmou a presidente.

A magistrada disse que, em virtude do crescimento da população e das demandas processuais, é necessário uma nova roupagem à Justiça de Sousa, com a reforma e a construção de um anexo, por meio de um terreno doado pela Prefeitura.

A juíza Ivna Mozart parabenizou a vinda da desembargadora Fátima Bezerra à comarca, para conhecer in loco o funcionamento e a estrutura física dos prédios onde estão abrigando às varas judiciais, ao tempo que conversar com os servidores e magistrados.

“A visita da cúpula da Mesa Diretora do Tribunal aqui, na comarca, demonstra de forma evidente o interesse que o TJPB tem de solucionar as dificuldades de Sousa, bem como mostra também a sensibilidade e a percepção da desembargadora Fátima em resolver os problemas que magistrados, servidores, advogados e o Ministério Público vêm enfrentando devido a própria estrutura deficitária”, afirmou a diretora.

Veja vídeo!

Dando continuidade a programação, a presidente do TJPB se reuniu com os advogados da região. Na oportunidade, o presidente OAB-PB local, Lincoln Bezerra de Abrantes, apresentou alguns pontos defendidos pela categoria para possibilitar uma maior celeridade processual na unidade.

“Só em a desembargadora ter se deslocado até a comarca de Sousa para efetivamente observar a situação que estamos vivenciando, nós, advogados que fazemos parte da OAB-PB, subseção de Sousa,  entendemos que é muito positiva. Especialmente, porque trouxe proposta para melhorar o funcionamento da atividade judicante neste foro”, disse o presidente da OAB.

O Poder Judiciário estadual fez a locação de um imóvel localizado na Rua Odon Bezerra nº 11, no sentido de solucionar os problemas referentes a interdição do prédio do Fórum que está impossibilitando uma melhor prestação jurisdicional naquela unidade. Essa decisão atende também a uma das metas da atual Mesa Diretora do Poder Judiciário estadual, que visa restaurar todas as unidades judiciais do Estado como forma de oferecer um melhor serviço aos servidores, juízes e ao jurisdicionado.

Quanto ao retorno das atividades forense no Fórum “Dr. José Mariz”, a desembargadora Fátima Bezerra ressaltou que a reforma e a licitação da obra iniciará até o final deste ano e a entrega do prédio ocorrerá no 2º ano de sua gestão à frente do Poder Judiciário estadual. “Deixaremos Sousa muito bem servida de estrutura física”, assegurou a desembargadora.

Outra medida anunciada pela presidente do TJPB para o aprimoramento e a celeridade processual na unidade será a realização de um esforço concentrado a partir do segundo semestre.

Atualmente, as atividades das sete varas judiciais estão funcionando em um imóvel cedido pela Prefeitura Municipal. Já as atividades dos dois Juizados Especiais, ocorre na Sede da Subseção da Ordem dos Advogados.

Encerrando as atividades em Sousa, a presidente do TJPB concedeu entrevista aos meios de comunicação. À coletiva aconteceu na sede da OAB-PB local. Na ocasião, ela respondeu perguntas a respeito das dificuldades da comarca, a entrega da reforma do Fórum “Dr. José Mariz” e as melhorias na prestação jurisdicional.

Ainda durante à coletiva, a desembargadora-presidente fez um balanço positivo dos primeiros 100 dias de sua administração e suas metas durante os dois anos de sua gestão. A presidente Fátima Bezerra estava ainda acompanhada dos diretores e gerentes do Tribunal de Justiça, Otton Marcelo Navarro Cruz (administrativo), Cristina Monteiro (Chefe de Gabinete) e Valquíria Uchôa (Apoio Operacional).

DIÁRIO DO SERTÃO com Gecom

Tags:
HERANÇA ARTÍSTICA

VÍDEO: Filho de grande nome da música brasileira agita a Festa do Brega no Cajazeiras Tênis Clube

EM JOÃO PESSOA

VÍDEO E FOTOS: Posse da nova diretoria da API é marcada por repentes, lançamento de livro e emoção

DUPLA CERIMÔNIA

VÍDEO: OAB lança em Cajazeiras as chapas para as eleições da Seccional Paraíba e da Subseção local

EX-ALIADO

VÍDEO: Vereador revela que defender professores foi a ‘bomba’ que iniciou rompimento com José Aldemir