header top bar

section content

No Sertão: População denuncia que administração vai encerrar 2011 com promessas e obras inacabadas

O que intriga à população do município é o fato de algumas obras da cidade terem sido iniciadas a vários meses atrás e até agora não foram concluídas.

Por

24/11/2011 às 16h15

A população e os comerciantes do município de Pombal reclamaram esta semana que a atual gestão vai encerrar o ano com a maior parte de suas obras inacabadas. De acordo com informações, apesar do início de várias obras e anúncio de outras, a gestão da prefeita Pollyanna Feitosa (PT) fechará o ano com um saldo negativo.

Com a sua obra de reforma parada há meses, o terminal rodoviário Hermínio Monteiro Neto é apenas um exemplo desta realidade moldado em um cartão-postal não tão atraente para quem se utiliza do espaço para embarque e desembarque.

Comerciantes que atuam na área também estão aguardando o término dos serviços temendo prejuízos caso a situação permaneça por mais tempo. Segundo informações, a obra de reforma e adequação do Terminal Rodoviário orçada em R$ 242.039,60 ficará para 2012, ano eleitoral.

A atual administração municipal tem anunciado novas ações para a cidade, o que intriga à população é o porquê de algumas terem sido iniciadas e até agora não concluídas.

DIÁRIO DO SERTÃO com informações de Dayana Trigueiro

Tags:
ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa

AMOR E FÉ

ESPECIAL DE FÉRIAS: Crianças e adolescentes de Cajazeiras e Sousa abrilhantam programa na TV Diário

AUXILIAR DO TROVÃO

VÍDEO: Agora no Atlético-PB, ex-jogador do Corinthians está confiante em vaga no Brasileirão da Série D

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Médico alerta para consequências do uso excessivo de alguns medicamentos no aparelho digestivo