header top bar

section content

VÍDEO: Irmão suspeito de abandonar idosa até a morte em Cajazeiras afirma que estava cuidando dela

De acordo com relatos de testemunhas, idosa vivia sob más condições de higiene e a realidade era de uma vida sub-humana, apesar de morar ao lado do seu irmão

Por Jocivan Pinheiro

09/09/2020 às 15h06 • atualizado em 09/09/2020 às 15h11

O corpo da aposentada Rita Bento da Silva, de 75 anos, foi encontrado na manhã desta quarta-feira (9) por populares em sua residência, na rua Antônio Vieira da Silva, no bairro Cristo Rei, em Cajazeiras.

De acordo com informações de testemunhas, a idosa vivia sob más condições de higiene e a realidade era de uma vida sub-humana, apesar de morar ao lado de seu irmão, o senhor João Bento, responsável por cuidar dela.

Segundo o aposentado Antônio Bento, que também é irmão de dona Rita, a idosa não estava tendo acesso a alimentação e levava uma vida de sofrimento. Ele denunciou seu próprio irmão, João Bento, pelos maus-tratos.

“Ele mesmo dizia a mim que ela não estava comendo nada. Aí morreu de fome. Eu sou contra isso. Não é porque é irmão meu que eu vou defender. Tanto conselho que eu dei para levar para o hospital, mas se eu falasse alguma coisa era pior”.

VEJA TAMBÉM

Idosa deficiente resgatada em estado de maus-tratos morre no Hospital Regional de Cajazeiras

Casebre onde idosa vivia

A reportagem da TV Diário do Sertão conversou também com o idoso suspeito dos maus-tratos. Ele disse que cuidava de sua irmã e que tentava alimentá-la, mas ela estava muito debilitada por problemas crônicos de saúde. O idoso também alega que o cenário parecia ser de abandono porque ele não conseguia mais tirá-la da cama.

“Eu sei o que eu fazia, o que eu sofria com ela e queria o bem dela. Ela já vinha com esse problema de doença há muito tempo, mas agora foi pior e eu levei ela para a UPA [Unidade de Pronto Atendimento]. Cada dia ela estava mais magrinha. Eu juro perante a Deus que tudo que eu fazia era por amor, para ver se minha irmã melhorava mais, para ver se ao menos sentava para se alimentar melhor”.

O senhor João Bento era responsável por cuidar da irmã

Delegada dá mais detalhes

As polícias Civil e Militar estiveram no local e levantaram todas as informações para o inquérito. Segundo a delegada Yvna Cordeiro, peritos científicos realizaram a perícia e o corpo foi encaminhado para o Instituto de Polícia Científica de Cajazeiras.

A delegada conta que, de acordo com informações apuradas no local, a vítima sofria de problemas de saúde decorrentes do vício em nicotina e álcool, e que ela nunca se queixou do irmão para os agentes de saúde que visitavam a residência. A causa da morte de dona Rita só será conhecida após a divulgação do exame cadavérico.

“Havia indícios na ficha policial de que o local estava abandonado, como se esse corpo poderia ter sofrido a morte em decorrência desse abandono”, falou a delegada.

A aposentada Rita Bento pode ter morrido de inanição

DIÁRIO DO SERTÃO

VAI ACONTECER

VÍDEO: Candidatos a prefeito de Aparecida confirmam presenças no debate da TV Diário do Sertão

CLIMA QUENTE

VÍDEO: Seguranças entram em cena para intervir em debate após forte discussão entre candidatos de Sousa

TROCA NA OPOSIÇÃO

VÍDEO: Impedido pela Justiça, Teta Francisco lança candidatura da sua esposa em Cachoeira dos Índios

ELEIÇÕES 2020

VÍDEO: Leonardo Gadelha diz que saúde de Sousa está na UTI, e Tyrone chama o adversário de ‘alienígena’

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!