header top bar

section content

EXCLUSIVO: Drª Paula agradece pela vitória, se emociona e reconhece votos ‘transferidos’ por Zé Aldemir

A primeira-dama de Cajazeiras, eleita deputada estadual pelo PP com 27.685 votos, prestou entrevista exclusiva à TV Diário do Sertão na sua residência após vitória

Por Jocivan Pinheiro

08/10/2018 às 15h22 • atualizado em 08/10/2018 às 15h27

Após saber do resultado das eleições deste domingo (07), a primeira-dama de Cajazeiras, Paula Francinete, eleita deputada estadual pelo PP com 27.685 votos, prestou entrevista exclusiva à TV Diário do Sertão direto da sua residência, onde celebrou o resultado com amigos e familiares.

Drª Paula agradeceu a todos que colaboraram com sua campanha e aos eleitores, mas ressaltou a importância da figura do seu marido, prefeito José Aldemir (PP), na transferência de votos para ela.

Drª Paula agradece ao deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP) pelos recursos destinados por ele a Cajazeiras para a realização de obras, a exemplo do recém-inaugurado Centro de Diagnóstico por Imagem; ressalta que o trabalho dela como secretária municipal de Saúde colaborou para a vitória, mas reconhece que sua eleição deve-se à transferência de votos de José Aldemir.

“Foram muitas forças juntas que me ajudaram a chegar onde eu cheguei. A campanha tem que ser estruturada no trabalho, e Aguinaldo foi o grande responsável por isso, juntamente com Zé Aldemir. A partir do momento que a gente construiu obras que vão ficar para o resto da vida, o agradecimento veio”, disse.

VEJA TAMBÉMSertão da Paraíba elege nove deputados estaduais; Cajazeiras terá três na Assembleia

Na sua residência, Drª Paula celebrou o resultado com amigos e familiares

Emocionada, a deputada eleita recordou fatos marcantes da sua campanha, como a situação de extrema pobreza que ela presenciou em Cajazeiras e outras cidades da região, e disse que vai lutar contra a corrupção para melhorar a vida dessas pessoas.

“Diante da pobreza, da desigualdade social, dos lugares em que eu entrei, casas sem ter alimentação, e quantos estão roubando, desviando recursos que vem para a pobreza, para a saúde, a educação, segurança, infraestrutura, emprego! A gente saber que a corrupção continua de mãos dadas com a impunidade, é isso que me fortalece e me dá muita energia. Eu quero ajudar mais. Não quero o poder pelo poder. Quero o poder para fazer por aqueles que precisam”.

DIÁRIO DO SERTÃO

YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco