header top bar

section content

VÍDEO: OAB da Paraíba realiza ato de desagravo em frente ao batalhão da Polícia Militar de Cajazeiras

O ato foi em favor do advogado e ex-vereador Francisco Evangelista, que em novembro de 2019, foi agredido física e verbalmente por um policial militar durante uma blitz, no bairro da Vila Nova.

Por Juliana Santos

10/12/2020 às 17h25

Dezenas de advogados sertanejos se reuniram na manhã desta quinta-feira (10), em frente à sede do Batalhão da Polícia Militar de Cajazeiras para um ato de desagravo, em favor do advogado e ex-vereador Francisco Evangelista, que em novembro de 2019, foi agredido física e verbalmente por um policial militar durante uma blitz no bairro da Vila Nova.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil na Paraíba (OAB-PB), Paulo Maia, disse que respeita a Polícia Militar, mas destacou a importância da defesa das prerrogativas dos advogados. “Esse desagravo é um lamento de um fato triste que ocorreu, mas que não significa de maneira alguma, desprestígio a Polícia Militar do Estado da Paraíba”, explicou.

Ainda de acordo com Maia, a OAB está trabalhando para que esses atos não se repitam e é necessário a compreensão e o entendimento da dignidade dos advogados. “No exercício do seu trabalho o advogado tiver algum impedimento, se torna um impedimento da própria cidadania”, afirmou o presidente.

VEJA TAMBÉM 

OAB-PB realiza desagravos púbicos em favor de advogados de Marizópolis e Cajazeiras

O vice-presidente da OAB-PB, João de Deus Quirino Filho, destacou a importância do ato de protesto. “Estamos do lado da advocacia, não aceitamos nenhuma violação das prerrogativas”, afirmou.

O advogado Francisco Evangelista, que foi vítima das agressões, acredita que por meio do ato pedagógico, os policiais terão mais atenção e tratar não só os advogados, mas todos os cidadãos de forma humanizada. “Com esse ato educativo a Polícia Militar possa ser mais racional e em especial aos agentes que estão nas ruas tenham mais respeito e sensatez, e antes de tudo deve identificar a pessoa”, pontuou.

O presidente da OAB, subseção Cajazeiras, Jone Pereira, disse que a OAB está atenta na defesa dos advogados. “Estamos cumprindo Estatuto da Advocacia, que diz, que quando um advogado sofrer um ato abusivo excessivo, será desagravado publicamente”, disse.

Dezenas de advogados participaram do desagravo. (Foto: Portal Diário do Sertão)

DIÁRIO DO SERTÃO

'VIDA: DÁDIVA DE DEUS'

VÍDEO: Radialista da região de Pombal que estava internado na UTI de Piancó chora ao vencer a Covid-19

'DEUS TÁ NA FRENTE'

VÍDEO: Dra. Paula pede orações após Zé Aldemir ser transferido para hospital Sírio Libanês em São Paulo

BAIXOU O NÍVEL

VÍDEO: Durante sessão da Câmara, vereador manda colega ‘enfiar a língua naquele canto’, em cidade da PB

PRESENTE MELHOR NÃO HÁ

VÍDEO EMOCIONANTE: Jovem da região de Cajazeiras que estava intubada em hospital de João Pessoa, acorda um dia antes do aniversário

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!