header top bar

Fernando Caldeira

section content

Democracia se aperfeiçoa com mais democracia

21/09/2017 às 18h51

Democracia Brasil

Comecei a ler um livro do professor Leonardo Avritzer intitulado “Impasses da Democracia no Brasil.”

Meu interesse é aprofundar-me um pouco nos “nós” de nossa vida democrática, cada dia mais latentes, e a partir daí compreender formas de desatá-los, dando fluidez e funcionalidade efetiva no nosso regime democrático.

Hoje temos uma democracia com “N” moléstias e precisamos curá-la desses males que por vezes nos desanimam a cultuá-la. É preciso entendermos que a democracia não é ruim, ela está ruim porque está doente! E como qualquer doente que está ruim, precisamos medicar e curar nossa democracia!

O primeiro passo é não desistir dela, como não desistimos de um ente por estar doente. Quando uma vaca tem carrapatos, busca-se um remédio para acabar os carrapatos, embora exista quem advogue matar a vaca para acabar com o problema.

Mas…, como curar a democracia brasileira? Que medicamentos devemos utilizar? Qual o tempo de restabelecimento da paciente? É preciso a paciente passar por revisões depois de restabelecida?

Bem, penso que só se tenha uma forma de curar uma democracia doente: através do voto. Ou seja: democracia se cura com mais democracia!

Quanto à medicação, sugiro remédios de atuação imediata e outros de médio e longo prazos. De atuação imediata sugiro ampla campanha publicitária em favor do voto responsável e cidadão. Acredito em rápida e boa melhora (eleições 2018). De médio prazo penso que reformas política e eleitoral com um novo Congresso escolhido por um voto responsável e cidadão devem dar ares bem mais sadios ao regime. E como remédio de longo prazo, óbvio, educação! Investir em educação é investir na cidadania e, por consequência, na democracia!

Você pode dizer que é um longo caminho a percorrer. É sim. A vida é um longo caminho, e com democracia é bem melhor vivê-la.
Qualquer outro caminho que não o democrático em nada ajudará a democracia, porque não ajudará na conscientização cidadã e, por conseguinte, na formação de um povo a quem cabe o seu próprio destino, como em qualquer democracia!

S O L T A S

*Uma fonte de alta confiança me disse que os descaminhos financeiros na administração passada na Prefeitura de Cajazeiras eram de botar gente na cadeia.

*E porque não botou, perguntei a ela? Ainda não é sem tempo, respondeu-me!

*Juiz sentenciando que ser gay é uma doença; juiz sentenciando a volta do racionamento d´água onde há segurança hídrica; juiz condenando sem provas. O que falta acontecer?

*A propósito, todos sabemos que desde que foi iniciada a operação Lava Jato vazam depoimentos de testemunhas, etc, não é verdade? Porque então nunca vazou uma prova contra o ex-presidente Lula? Você já refletiu sobre isso?

*Falar nisso, fui assistir ao filme “A Lei é Para Todos”, que conta a história da Lava Jato, e que tem viés contra Lula. Resumo: é o que todos já sabem de cor e salteado, sem apresentação de nenhuma prova, e talvez por isso mesmo um fracasso de público: 27 pessoas, contando comigo!

*Domingo é dia de informação, notícia e debate político. Domingo é dia de TREM DAS ONZE!

Fernando Caldeira

Fernando Caldeira

Jornalista profissional em diversas emissoras de rádio e jornais da Paraíba, atualmente é articulista do Gazeta do Alto Piranhas (Cajazeiras), produtor e apresentador do programa Trem das Onze, apresentado aos domingos pela Rádio Alto Piranhas, colunista dos portais diariodosertão, politicapb, obeabadosertao, canalnoite, e mantém na internet o portal www.fernandocaldeira.com.br

Contato: caldeira.fernando@bol.com.br

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras

Fernando Caldeira

Fernando Caldeira

Jornalista profissional em diversas emissoras de rádio e jornais da Paraíba, atualmente é articulista do Gazeta do Alto Piranhas (Cajazeiras), produtor e apresentador do programa Trem das Onze, apresentado aos domingos pela Rádio Alto Piranhas, colunista dos portais diariodosertão, politicapb, obeabadosertao, canalnoite, e mantém na internet o portal www.fernandocaldeira.com.br

Contato: caldeira.fernando@bol.com.br