header top bar

Fernando Caldeira

section content

Jogo de Cena

27/10/2017 às 09h42

Bancada federal paraibana

A hipocrisia é doença grave na nossa bancada federal paraibana, com raras exceções.

Digo isso porque suas excelências quando pisam solo paraibano dizem uma coisa e, quando desembarcam em Brasília, agem de forma contrária.

Quando na Paraíba “nossos” deputados e senadores bradam que é preciso fazer o Brasil voltar a crescer, gerar emprego e renda.

Chegam a se reunir com prefeitos para ouvir os reclames de falta de verbas para tocar as administrações públicas e se comprometem com as causas municipalistas. Falam nas rádios e juram luta renhida contra a depressão econômica.

Quando de volta a Brasília, num surto automático de amnésia, esquecem o que há pouco diziam ao povo e ao Estado que dizem representar e mudam de agenda.

Na capital da República apoiam integral e irrestritamente um governo que reduz os investimentos públicos ao menor valor desde 2008 gerando uma paralisia terrível na economia que, entre outros, leva à queda na arrecadação do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), componentes do FPM, que igualmente é reduzido levando as prefeituras paraibanas à bancarrota.

Sempre distantes da vontade majoritária do povo, esses senhores condenam uma Presidente da República por questões político-partidárias, salvam um senador envolvido em corrupção explícita e impedem o STF de julgar Michel Temer envolvido até a medula em relações política nada republicanas.

Mas você há de perguntar: e por que fazem isso; por que assim se portam?

Porque se tornam usufrutuários de um governo forjado na política do toma lá, da cá, onde o dinheiro público serve para tudo. Até para algumas ‘obrinhas’ levadas aos municípios como grandes conquistas do “trabalho parlamentar” de suas excelências.

Uma coisa é preciso reconhecer: os deputados e senadores que assim se portam não têm preferência partidária. São adesistas do governo! Seja o governo do PT, do PSDB, do PMDB, seja de qualquer partido. Sendo governo eles aderem a dançam conforme a música tocada no Planalto.

O mais, é só jogo de cena!

S O L T A S

*Com 251 votos favoráveis ao relatório, a Câmara Federal barrou a segunda denúncia contra o presidente Temer. Sete deputados paraibanos contribuíram para isso: Agnaldo Ribeiro, André Amaral, Benjamin Maranhão, Efraim Filho, Hugo Motta, Rômulo Gouveia e Wilson Filho;

*De outro lado foram 233 votos favoráveis a que o STF julgasse Temer. Cinco deputados paraibanos contribuíram para isso: Damião Feliciano, Luiz Couto, Pedro Cunha Lima, Veneziano Vital e Wellington Roberto.

*Como diria Darci Ribeiro, não gostaria de estar no lugar dos vencedores.”

*Com as exceções já conhecidas, a Paraíba não tem propriamente políticos, mas despachantes.

*Enquanto deputados e senadores paraibanos votam para salvar Temer e Aécio, o eixo norte da transposição está atrasado e parado e nenhum deles faz absolutamente nada, a não ser média.

*Neste domingo (29) o TREM DAS ONZE entrevista o deputado estadual Trócolli Júnior (PROS).

Fernando Caldeira

Fernando Caldeira

Jornalista profissional em diversas emissoras de rádio e jornais da Paraíba, atualmente é articulista do Gazeta do Alto Piranhas (Cajazeiras), produtor e apresentador do programa Trem das Onze, apresentado aos domingos pela Rádio Alto Piranhas, colunista dos portais diariodosertão, politicapb, obeabadosertao, canalnoite, e mantém na internet o portal www.fernandocaldeira.com.br

Contato: caldeira.fernando@bol.com.br

Recomendado para você pelo google

DINHEIRO NO BOLSO

VÍDEO: Show e Prêmios Alô da Sorte realiza mais um sorteio mensal da rodada extra; Saiba quem ganhou

PROFESSORES CONTRATADOS

VÍDEO: Após pressão de vereador, prefeitura de Cajazeiras confirma pagamento de salários atrasados

VIOLÊNCIA SEM PARAR

VÍDEO: Jovem é morto com vários tiros e mulher fica ferida após ser vítima de bala perdida em Cajazeiras

TRAGÉDIA

VÍDEO: Comandante da PM lamenta morte de vereador e diz que assassinos são conhecidos no crime

Fernando Caldeira

Fernando Caldeira

Jornalista profissional em diversas emissoras de rádio e jornais da Paraíba, atualmente é articulista do Gazeta do Alto Piranhas (Cajazeiras), produtor e apresentador do programa Trem das Onze, apresentado aos domingos pela Rádio Alto Piranhas, colunista dos portais diariodosertão, politicapb, obeabadosertao, canalnoite, e mantém na internet o portal www.fernandocaldeira.com.br

Contato: caldeira.fernando@bol.com.br