header top bar

Tulio Augusto

section content

Será que o ano é realmente novo?

10/01/2019 às 13h52 • atualizado em 10/01/2019 às 14h04

Ano novo

Sempre vejo esta cena na última semana do ano: pessoas fazendo promessas, listas, matrículas em academias, em cursinhos, pulam ondas, vestem roupas de cores com significado. Tudo isso em busca de um ano novo melhor, diferente. Só existe um problema que não é resolvido antes de tudo isso virar realidade: mudar internamente.

Raul Seixas falava que preferia ser “essa metamorfose ambulante”. Interessante é que o “maluco beleza” tinha razão. Precisamos nos reinventar com o passar do tempo. Inovar como pessoa. Então vamos lá para algumas dicas simples que podem ser colocadas em prática para alcançar mudanças:

1. Estabeleça objetivos de longo prazo. Na administração chamamos isso de Planejamento Estratégico. Pelo menos 5 anos;
2. Defina metas. Para atingir cada objetivo, você precisa definir metas claras e objetivas. Lembre-se que elas precisam ser alcançáveis (mesmo sendo difíceis), terem prazos definidos e quantificáveis;
3. Faça uma reflexão sobre suas emoções. Você precisa estar bem consigo mesmo e com as outras pessoas para ter paz e tranqüilidade a fim de atingir seus objetivos;
4. Organize-se. Pessoas desorganizadas não conseguem cumprir o que prometem. Estão sempre perdendo prazos, dando desculpas e são amadores;
5. Tenha disciplina. Quando você associa disciplina e organização dá tempo fazer muita coisa em 24h;
6. Saiba priorizar as coisas. Pelo Princípio de Pareto, para muitos eventos, aproximadamente 80% dos efeitos vêm de 20% das causas. Concentrar no essencial reduz esforços e aumenta a efetividade de suas ações;
7. Economize: gastar mais do que ganha é o grande mal da “sociedade líquida” (vulnerável e fluida, como dizia o sociólogo Zygmunt Bauman) em que vivemos. Dívidas sugam a energia emocional e laboral de uma pessoa;
8. Estude!!! Nunca devemos parar de estudar e nunca é tarde para recomeçar. Parece clichê o que acabei de falar, mas o seu conhecimento é um patrimônio imaterial que ninguém pode roubar;
9. Seja humilde. “A soberba precede a ruína”. Quando as pessoas se acham superiores às outras (apenas elas acham que são), buscam suprir carências e frustrações que precisam ser tratadas;
10. Seja resiliente. Saiba lidar com os problemas, superar obstáculos, perseverar nas dificuldades e enfrentar os medos e vencer desafios. Seja forte!
Estas foram apenas algumas dicas que podem fazer a diferença neste belo ano que se inicia. Ah, ser otimista também ajuda bastante a vencer na vida e nos relacionamentos. Olhe o lado bom das coisas e das pessoas, isso torna você uma pessoa agradável, leve e inspiradora.

Feliz ano realmente novo!

Tulio Augusto.
Professor de Administração de Empresas do IESP Faculdades. Professor Executivo da FGV, Administrador de empresas, Consultor e Palestrante.

Tulio Augusto

Tulio Augusto

Professor de Administração de Empresas do IESP Faculdades. Professor Executivo da FGV, Administrador de empresas, Consultor e Palestrante.

Contato: tulioaugusto@hotmail.com

AUMENTO DA DOENÇA

CORONAVÍRUS: Em 26 dias, casos confirmados crescem 140% em Sousa comparados com Cajazeiras

VEJA A LISTA DE BAIRROS

VÍDEO: Cajazeiras soma 63 casos de Covid-19; Centro e bairro São Francisco lideram em número de casos

ISOLAMENTO SOCIAL

VÍDEO: Secretaria de Educação de Santa Terezinha-PB inova com aulas no YouTube e em programa de rádio

"TIVE VERGONHA ALHEIA"

VÍDEO: “País está entregue a um bando de aloprados”, diz jornalista sobre vídeo de reunião ministerial

Tulio Augusto

Tulio Augusto

Professor de Administração de Empresas do IESP Faculdades. Professor Executivo da FGV, Administrador de empresas, Consultor e Palestrante.

Contato: tulioaugusto@hotmail.com

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!