header top bar

section content

VÍDEO: Advogado avalia se a suspensão dos trabalhos da Justiça pode cancelar eleições deste ano

Por medida de prevenção ao coronavírus, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) suspendeu quase todos os trabalhos da Justiça, com exceção de casos extremamente urgentes

Por Jocivan Pinheiro

26/03/2020 às 18h13 • atualizado em 26/03/2020 às 18h17

Por medida de prevenção ao coronavírus, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) suspendeu quase todos os trabalhos da Justiça, com exceção de casos urgentes.

Diante dessa medida, o advogado Joselito Feitosa, no seu comentário da coluna Direto ao Ponto, avalia se as eleições para prefeito e vereador deste ano podem ser canceladas.

Na opinião de Joselito, esse risco existe porque no âmbito da Justiça Eleitoral os prazos para execuções de ações por parte do eleitor e da própria Justiça são mais rápidos e não se sabe quando a epidemia vai passar e os trabalhos judiciários poderão ser retomados.

Como exemplo, Joselito cita que o prazo para transferência, regularização e cadastro de títulos eleitorais é até dia 6 de maio. Além disso, há também os períodos para registro de candidatura e realização das campanhas.

VEJA TAMBÉM

Advogado explica o que é demissão por rescisão indireta e como garantir os direitos nesse caso

DIÁRIO DO SERTÃO

EFEITOS DO CORONAVÍRUS

VÍDEO: Coach dá dicas de produtividade na epidemia e alerta para a situação das pessoas de baixa renda

NO CEARÁ

VÍDEO: Lavras da Mangabeira monitora 17 casos suspeitos de Covid-19; advogado fala das ações da saúde

AJUDA

VÍDEO: Empresa do Vale do Piancó cria protetor facial para profissionais que combatem o coronavírus

LÍDER GERAL

VÍDEO: Marina Duarte esclarece se o Atlético será campeão paraibano antecipado por causa da epidemia

Recomendado pelo Google:
Conteúdo Protegido!