header top bar

section content

DE NOVO? Ministro do STF cassa liminar, Zé Vieira deixa a prefeitura e volta à prisão

Zé Vieira deve retornar à Penitenciária Agrícola de Sousa para cumprir a pena em regime semi-aberto.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

03/08/2016 às 16h55 • atualizado em 03/08/2016 às 17h35

Imagem de Zé Vieira em aeroporto (foto: reprodução/WhatsApp)

O Supremo Tribunal Federal (STF), através do ministro Edson Fachin, acatou ação impetrada pela defesa do vice-prefeito, Zé de Pedrinho, e cassou a liminar que concedia habeas corpus ao prefeito Zé Vieira, restabelecendo ao mandato da Prefeitura de Marizópolis a Zé Pedrinho, que deverá assumir o cargo imediatamente. As informações foram divulgadas pelo  PB Agora.

O prefeito Zé Vieira teria voltado ao cargo na última quarta-feira (27) após conseguir habeas corpus concedido pelo ministro Ricardo Lewandowski, presidente do STF. No entanto, segundo o advogado do vice-prefeito Zé Pedrinho, Iarley Maia, a liminar concedida por Lewandowski contrariava a nova decisão do plenário do STF.

Zé Vieira foi condenado pelo Tribunal Regional Federal da 5ª região (TRF-5) por improbidade administrativa ao utilizar recursos federais em obras sanitárias da cidade. Ele foi condenado a prisão e a perda do mandato.

Zé Vieira deve retornar à Penitenciária Agrícola de Sousa para cumprir a pena em regime semi-aberto.

DIÁRIO DO SERTÃO

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Diário Esportivo recebe a comissão técnica do Atlético de Cajazeiras e Ederson confirma reforços

sadasd

VÍDEO: Programa Mensagem de Esperança desta semana reflete sobre a importância das ‘pequenas coisas’

OBRAS E INAUGURAÇÕES

Prefeito de Sousa reúne imprensa para coletiva e anuncia ações e inaugurações para o final do ano

ENTREVISTA EXCLUSIVA

VÍDEO: Dra. Paula garante Zé Aldemir candidato em 2020, mas pede cuidado em alianças com ‘bagulhos’