header top bar

section content

Deputado de Sousa vê empresas prejudicadas com excesso de direitos trabalhistas no país: “Um exagero”

Nove paraibanos estavam presentes e votaram. Apenas PT, PDT, PCdoB, PSOL, Rede e PMB orientaram voto contra a terceirização total.

Por Priscila Belmont

23/03/2017 às 16h16

Deputado estadual Renato Gadelha (PSC)

O deputado estadual Renato Gadelha (PSC) ao analisar o projeto aprovado ontem(22) na Câmara que permite às empresas a terceirização de todas suas atividades, disse que ainda não tem posição sobre o tema, pois tem que analisar a matéria, mas que na sua posição os direitos trabalhistas no Brasil são exagerados e prejudicam os empregadores.

“Acho que os direitos trabalhistas no Brasil são exagerados. Eles sobrecarregam as empresas e isso permite que as empresas internacionais principalmente da China, concorram com produtos mais baratos”, disse Gadelha defendendo uma revisão nas leis brasileiras. Já sobre o texto aprovado ele não opinou, por desconhecer o conteúdo do Projeto de Lei.

Nove paraibanos estavam presentes e votaram. Apenas PT, PDT, PCdoB, PSOL, Rede e PMB orientaram voto contra a terceirização total. Todos os partidos da base aliada de Temer votaram a favor do texto. Porém, mesmo com orientação para aprovar, Veneziano Vital (PMDB) e Wilson Filho (PTB) votaram contra. Hugo Motta (PMDB), Wellington Roberto (PR) e Efraim Filho (DEM) não votaram.

PB Agora

MUITO ESTRAGO

VÍDEOS: Chuva com vendaval causa destruição de prédios em Cajazeiras e Sousa e assusta moradores

DE 22 A 27 DE JANEIRO

VÍDEO: Teatro Ica completa 34 anos em Cajazeiras com extensa e diversificada programação cultural

DE 2017 PARA ESTE ANO

VÍDEO: São José de Piranhas tem aumento alarmante de homicídios em 2018; confira balanço da PM na região

VIXE!

VÍDEO: Vidente detalha futuro da imprensa de Cajazeiras e prevê mortes: “Não chega às festas juninas”