header top bar

section content

Albergado pagava ‘dublê’ para cumprir pena no seu lugar há quase dois meses na região de Cajazeiras

O diretor da Cadeia Pública recebeu uma denúncia informando que um homem estaria cumprindo pena no lugar de outro.

Por Priscila Belmont

08/08/2017 às 17h42 • atualizado em 08/08/2017 às 18h06


No último final de semana, um fato curioso foi registrado na cidade de São João do Rio do Peixe, na região de Cajazeiras no Sertão do estado.

O apenado, foi condenado a prisão em regime aberto, e deveria dormir nos finais de semana na cadeia, mas não cumpriu nenhum dia da sua pena.  De acordo com a promotora Flávia Cesarino, o apenado pagava a quantia de R$50,00 por semana para o seu comparsa, e fazia essa troca há cerca de 2 meses. Para que a polícia não desconfiasse, eles usavam um RG falso.

O diretor da Cadeia Pública daquela cidade recebeu uma denúncia anônima de que um preso estaria usando um ‘dublê’ para cumprir pena em seu lugar. Segundo informações da Polícia Militar, o comparsa foi preso em flagrante, quando se apresentou para cumprir a pena no lugar do amigo.

Lindolfo Fernandes, advogado do albergado disse os motivos do jovem ter contratado um dublê para cumprir sua pena: “Ele não foi cumprir a pena em razão de ter um inimigo muito forte lá dentro da cadeia, e ele poderia sofrer alguma lesão contra a sua vida”.

O Ministério Público irá abrir inquérito para apurar a responsabilidade da direção e dos agentes da cadeia neste caso.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

HOMENAGEM

VÍDEO: Com música ao vivo, programa Diversidade em Foco faz reflexão sobre o Dia das Mães; Assista!

EXCLUSIVO

Presidente reafirma proibição de arma na assembleia, fala da Operação Calvário e cortes de gabinetes

VÍDEO

Governador João Azevêdo fala sobre o afastamento político com Ricardo Coutinho e mudanças no Governo

TRAGÉDIA

VÍDEO E FOTOS: Delegado dá detalhes do grave acidente próximo a parque de vaquejada em Cajazeiras