header top bar

section content

Bebês nascidos na Maternidade de Patos recebem alta com documentos exigidos pelas normas do CNJ

Seguindo orientação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), todo bebê que nasce na Maternidade já sai de alta com sua certidão de nascimento, CPF e com o cartão do SUS.

Por Priscila Belmont

13/04/2018 às 12h23

Bebês nascidos na Maternidade de Patos recebem alta com documentos

A lavratura do registro de nascimento de uma criança, logo após seu nascimento, ainda na maternidade, já com a necessária inscrição de seu Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), já é uma realidade na Maternidade Dr. Peregrino Filho, de Patos, que integra a rede estadual de saúde. Essa ação acontece rotineiramente, desde setembro do ano passado. Seguindo orientação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), todo bebê que nasce na Maternidade já sai de alta com sua certidão de nascimento, CPF e com o cartão do SUS.

O serviço prestado pelos cartórios Céu Palmeira e Adelgistro Balduino funciona de segunda a sexta-feira, em uma sala específica para tal finalidade. Os bebês que nascem nos finais de semana ou feriados têm os documentos providenciados no primeiro dia útil. “Enquanto em algumas unidades públicas e privadas da Paraíba ainda se debate a necessidade e obrigatoriedade dessa ação, aqui isso já acontece desde o ano passado e ela significa muito mais que o cumprimento de uma requisição da Justiça; ela traduz uma responsabilidade social que abraçamos com muita satisfação”, destaca o diretor geral da Maternidade, Dr. Umberto Marinho Júnior.

Bebês nascidos na Maternidade de Patos recebem alta com documentos

Para a paciente Maria das Mercês Calixto Pedro, da cidade de Tavares, que teve seu bebê na Maternidade, sair com seu filho já com todos os documentos é uma ajuda e tanto. “Fiquei muito feliz com essa entrega, pois facilita muito a vida da gente”, disse ela, agradecendo também a assistência da unidade com o seu bebê, que apresentou um sopro no coração, precisou fazer um ecocardiograma, ficou na Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais (Ucin) alguns dias e está sendo acompanhado por um otorrino e outros profissionais para poder ter alta hospitalar.

Secom PB

"AQUI NESSA MESA DE BAR"

VÍDEO: Homenagem a garçons de Cajazeiras no programa Xeque-Mate tem música, drinks e boas histórias

SAÚDE E BEM-ESTAR

VÍDEO: Sangramento nas regiões do reto e do ânus pode ser sinal de doença grave, avisa médico

APOIO DE CRAQUE

VÍDEO: Embaixador do Campeonato Paraibano, Hulk diz que está à disposição para ajudar clubes do Sertão

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS

VÍDEO: Para advogado da OAB de Cajazeiras, investir em presídios e não em escolas é ‘enxugar gelo’