header top bar

section content

Ministério Público de Cajazeiras determina que Prefeitura retire camelôs das calçadas

O promotor afirmou que o município deve usar poder de polícia e em caso de desobediência, recolher todas as mercadorias existentes nas calçadas ou em locais de passeio público

Por Diário do Sertão com Gazeta do Alto Piranhas

13/04/2019 às 14h31 • atualizado em 14/04/2019 às 17h22

O promotor de Justiça de Cajazeiras, Lean Xerez notificou à prefeitura Municipal de Cajazeiras para cumprir recomendação do Ministério Público e desobstruir calçadas e locais de passeio público da cidade.

Xerez diz que caso a Prefeitura de Cajazeiras não cumpra à determinação, será penalizada com multa diária.

O promotor afirmou que o município deve usar poder de polícia e em caso de desobediência, recolher todas as mercadorias existentes nas calçadas ou em locais de passeio público.

ZONA AZUL

Segundo informações, mesmo com a implantação do sistema rotativo (Zona Azul) em Cajazeiras, alguns ambulantes insistem em colocar seus produtos nas calçadas do centro comercial.

Além dos verdureiros e camelôs, os proprietários das lojas também foram proibidos de expor seus produtos nas calçadas e nos locais destinados ao estacionamento de veículos.

Recomendado para você pelo google

MAIS EDUCAÇÃO

VÍDEO: No 2º dia da Mostra de Conhecimentos do N. S. do Carmo, alunos se destacam em temáticas diversas

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: No Mês da Black Friday, concessionária Brazauto oferece preços e formas de pagamento especiais

VÍDEO

Vereador lamenta falta de doação ao Hospital Laureano e acusa prefeito de Pombal: “Virou as costas”

TROVÃO NO BRASILEIRÃO

VÍDEO: Prefeito se compromete a patrocinar o Atlético de Cajazeiras com R$ 20 mil mensais em 2020