header top bar

section content

Promotoria de Justiça vai fiscalizar vacinação contra Covid-19 nos município de São Bento e Paulista

Os prefeitos e secretários de Saúde das duas cidades tem o prazo de 24 horas para enviar as informações.

Por Juliana Santos

19/01/2021 às 16h24 • atualizado em 19/01/2021 às 16h25

Vacina da Covid-19 (Foto: Dado Ruvic / REUTERS Newsletters)

O Ministério Público da Paraíba (MPPB), instaurou procedimento administrativo e solicitou aos prefeitos e secretários de Saúde das cidades de São Bento e Paulista, no Sertão paraibano que enviem no prazo de 24 horas, de informações, como a previsão da chegada da vacina contra Covid-19, a quantidade de doses recebidas e se as prefeituras e secretarias possuem seringas e outros insumos necessários para manejo do imunizante.

De acordo com o promotor de Justiça de São Bento, Osvaldo Lopes, o procedimento foi instaurado em razão da iminência do envio das vacinas contra a covid-19 aos municípios paraibanos e à necessidade de fiscalização e acompanhamento desse processo por parte da Promotoria de Justiça.

VEJA TAMBÉM 

MPPB discute realização de concursos públicos com prefeitos de cidades da região de Catolé do Rocha

Ainda de acordo com Osvaldo Lopes, a necessidade de articulação com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado a fim de garantir a guarda segura dos imunobiológicos durante seu armazenamento nos serviços estaduais bem como na sua distribuição. “Os municípios também deverão organizar essa segurança desse imunobiológico dentro de sua rede de serviços”, ressaltou.

O promotor também solicitou informações dos gestores dos dois municípios se há um cronograma de atividades previsto, se há local para a guarda das doses da vacina e outras informações ligadas à vacinação contra a covid-19.

Segurança

O promotor de Justiça Osvaldo Lopes também solicitou o envio de ofício ao comandante da Companhia Independente de Polícia Militar para que informe, no prazo de 24 horas, se há algum plano de segurança para acompanhamento da aplicação do imunobiológico nos municípios, bem como de sua guarda, a fim de evitar tumultos e/ou furtos.

DIÁRIO DO SERTÃO

PANDEMIA

VÍDEO: Falta de leitos preocupa governantes e pacientes em Ipaumirim: “Precisamos redobrar os cuidados”

SITUAÇÃO X OPOSIÇÃO

VÍDEO: Zé Aldemir confirma que dos 15 vereadores de Cajazeiras, 13 já fazem parte do seu grupo político

AMPLIANDO MAIS

VÍDEO: João Azevêdo anuncia mais 147 leitos no Estado; Cajazeiras, Patos, Pombal e Piancó estão na lista

VERBA DA SAÚDE

VÍDEO: Em 14 meses, Cajazeiras recebeu mais de R$ 30 milhões do governo Bolsonaro para investir na saúde

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!