header top bar

section content

PM acusado de tentar convencer amante a estuprar suas filhas surge pela 1ª vez na TV

O flagrante da imagem ocorreu quando Ricardo Alves se dirigia para Corregedoria da Polícia prestar depoimento.

Por

01/10/2015 às 16h43


 

O policial Militar Ricardo Alves, 30 anos foi clicado pela primeira vez pelas câmeras de TV nesta quarta-feira (30), após acusação de tentar convencer a amante que o ajudasse a fazer sexo com duas filhas dela, de 6 e 14 anos. Nas mensagens vazadas nas redes sociais, o homem pede que a mulher dope as meninas para que ele possa ter relações sexuais com elas. O fato foi registrado na cidade de Sousa na terça-feira (29). Ele é natural do Ceará e policial da cidade desde 2009.

Leia também:

?Delegada e comandante da PM falam sobre caso do militar que queria fazer sexo com crianças; PM diz que não queria ter relações

?PM que pediu para transar com filha de 14 anos da amante é afastado e diz que queria acabar romance

?Policial pede prova de amor para amante e diz: “quero transar com sua filha de 14 anos"

O flagrante da imagem ocorreu quando Ricardo Alves se dirigia para Corregedoria da Polícia prestar depoimento. Ele se negou a fazer qualquer pronunciamento à imprensa.

O Major Rômulo Ferreira, comandante do batalhão de Sousa informou que o comportamento de Ricardo Ales não é digno de policial militar nem de nenhum cidadão. O comandante disse que o policial pode ser submetido a procedimento disciplinar ou até expulsão da Corporação, o que vai depender do oficial designado para o caso.

O advogado do policial, Rijalma Júnior contou que seu cliente vinha tentando terminar o relacionamento, mas a mãe das menores não aceitara e ele teria usado as filhas dela como pretexto para pôr fim ao romance.

A polícia já ouviu a menor de 14 anos, que teria encontrado a conversa no celular da mãe. A mulher deverá ser ouvida até esta sexta-feira (02), segundo a delegada do caso Yvna Cordeiro

“Já foi solicitada a oitiva especializada da criança de seis anos e foram encaminhados os exames sexológicos para confirmar”, disse a delegada adiantando que ainda não tem como tipificar os crimes pois a fase é de investigação.

DIÁRIO DO SERTÃO com vídeo da TV Paraíba

Tags:

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras