header top bar

section content

Devido nível baixo de oxigênio pacientes com Covid da UPA são transferidos para o Regional de Cajazeiras

De acordo com o diretor do HRC, Manoel Telamon, foram transferidos sete pacientes regulados com coronavírus.

Por Juliana Santos

20/03/2021 às 13h46 • atualizado em 20/03/2021 às 13h48

UPA da cidade de Cajazeiras, Sertão da Paraíba. (Foto: Divulgação)

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) divulgou uma nota neste sábado (20), por meio das redes sociais, em que detalha que médicos da cidade de Cajazeiras, no Sertão paraibano, denunciaram desabastecimento de oxigênio na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade e que pacientes com Covid-19 foram transferidos para o Hospital Regional de Cajazeiras (HRC).

A transferência, de acordo com a nota, teria sido de 10 pacientes com Covid-19, na tarde dessa sexta-feira (19). O CRM-PB, informou também que solicitará informações oficiais à UPA de Cajazeiras, ao SAMU e ao HRC sobre o ocorrido, e passará ao Ministério Público da Paraíba (MPPB).

A reportagem do portal Diário do Sertão, entrou em contado o diretor do Hospital de Regional de Cajazeiras (HRC), Manoel Telamon, que afirmou que respeita o CRM, mas que desconhece a informação de que teriam sido transferidos de 10 pacientes.

VEJA TAMBÉM

Filho de ex-vereador de Cajazeiras morre vítima de câncer; Diocese emitiu nota de pesar

De acordo com Telamon, para o HRC foram transferidos sete pacientes regulados com Covid-19, e que foram preenchidas as sete vagas disponíveis na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e um oitavo paciente acometido de outra doença.

Em entrevista a uma TV da Capital, o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, informou que a transferência dos pacientes foi devido a uma baixa do oxigênio na unidade que ocorreu de forma momentânea. “A UPA de Cajazeiras teve essa atitude eletiva, no sentido de remanejar esses pacientes que necessitavam de oxigênio para o Hospital Regional de Cajazeiras em função de um fluxo momentâneo de oxigênio mais baixo. Isso pode ocorrer em qualquer hospital, já que existe uma demanda altíssima de demanda de oxigênio e também de kits de intubação”, detalhou, o secretário.

Ainda de acordo com Geraldo Medeiros, durante a pandemia houve um aumento de mil leitos de hospitalares em todo o estado da Paraíba.

DIÁRIO DO SERTÃO

PALAVRA DE VIDA

VÍDEO: Pastor de Igreja Evangélica de Cajazeiras fala sobre depressão e ora pela vida das pessoas

DIAS DE LUTA

VÍDEO EXCLUSIVO: Enfermeira fala do desafio de trabalhar na Ala Covid-19 do Hospital de Cajazeiras

DOE VIDA

VÍDEO: Projeto Mais Enilde pede doações de sangue e medula óssea no Sertão paraibano

OBRA DEMORADA

VÍDEO: Obras de terminal rodoviário de Sousa estão paralisadas há mais de dois anos e população reclama

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!