header top bar

section content

VÍDEO: “Aqui tem cobra e insetos”, diz moradora de bairro em Sousa que sofre com lixão na frente de casa

A dona de casa afirma que os moradores da localidade jogam lixo de madrugada. Além da sujeira e do mato alto, a vizinhança convive com o mau cheiro.

Por Juliana Santos

05/05/2021 às 19h11 • atualizado em 05/05/2021 às 21h56

Moradora do bairro Raquel Gadelha na cidade de Sousa, Sertão paraibano, reclama de lixão que se forma em frente a sua casa e afirma que a prefeitura faz a limpeza, mas outros moradores jogam lixo novamente.

A dona de casa, Silmara Magda, explicou que várias pessoas durante a madrugada jogam lixo no terreno baldio que fica em frente da casa dela. “Não vou dizer quem joga, pois é de madrugada, não vejo, mas a prefeitura tira caçambas de lixo e os moradores voltam a jogar lixo no local, inclusive colchões, armários”, contou.

Silmara Magda, explicou que várias pessoas durante a madrugada jogam lixo no terreno baldio. (Foto: Reprodução)

VEJA TAMBÉM

Debate sobre economia de Cajazeiras e Sousa esquenta após comparação de números das duas cidades

Silmara falou que até uma placa foi providenciada com a frase proibido jogar lixo, mas que nada adiantou.

A moradora lamentou está convivendo diariamente com essas dificuldades e quando chove o problema ainda aumenta. “A última limpeza foi feita há uns 15 ou 20 dias, foi retirada uma caçamba de lixo, mas o mato ficou. Aqui tem muita cobra e muitos insetos, além do mau cheiro”, detalhou.

O QUE DIZ O OUTRO LADO

A reportagem do Diário do Sertão, entrou em contato com o secretário de Infraestrutura e Esporte da prefeitura de Sousa, Delani Alves, que afirmou que a coleta de lixo no bairro Raquel Gadelha ocorre três vezes por semana na localidade, mas precisa da conscientização da população de colocar as sacolas de lixo na frente de casa e aguardar a coleta. “Os moradores aos invés de colocar suas sacolas na frente de casa colocam o lixo em terrenos baldios onde formam os acúmulos. A limpeza não faz oito dias que foi feita. O carro do lixo passa rigorosamente nas segundas, quartas e sextas-feiras, tá faltando os moradores fazer a parte deles”, explicou.

Sobre o matagal que está na área do terreno baldio, o secretário disse que vai conversar a Secretaria de Planejamento para verificar o que se pode fazer para alertar os donos dos terrenos. “Vamos começar a notificar os proprietários destes terrenos, pois eles que tem que roçar o mato não é de responsabilidade da prefeitura”, disse Delani.

DIÁRIO DO SERTÃO

'DEUS TÁ NA FRENTE'

VÍDEO: Dra. Paula pede orações após Zé Aldemir ser transferido para hospital Sírio Libanês em São Paulo

BAIXOU O NÍVEL

VÍDEO: Durante sessão da Câmara, vereador manda colega ‘enfiar a língua naquele canto’, em cidade da PB

PRESENTE MELHOR NÃO HÁ

VÍDEO EMOCIONANTE: Jovem da região de Cajazeiras que estava intubada em hospital de João Pessoa, acorda um dia antes do aniversário

DISCORDÂNCIA

VÍDEO: Vereador de Ipaumirim relata mudanças em PL que trata sobre alienação de prédios públicos

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!