header top bar

section content

Sindicado dos jornalistas da Paraíba pede ‘cabeça’ de sousense por agressão a comunicador de Cajazeiras

Minutos antes da entrevista, Josival Pereira, fora do ar, repreendeu Thalles por um comentário que julgou indevido, e os dois discutiram. Entenda tudo!

Por

14/01/2015 às 23h32

A Diretoria do Sindicato dos Jornalistas da Paraíba se solidariza com o jornalista e radialista Josival Pereira, que, nessa terça-feira (13) foi traiçoeiramente agredido no estúdio da Nova Tambaú FM por outro membro da bancada, enquanto comandava uma entrevista ao vivo.

O agressor, Thalles Gadelha, que, há alguns meses, passou a trabalhar na emissora, já foi vereador e prefeito do Município de Sousa.

Minutos antes da entrevista, Josival Pereira, fora do ar, repreendeu Thalles por um comentário que julgou indevido, e os dois discutiram.

Os ânimos se acalmaram e foi iniciada a entrevista. Porém, alguns minutos depois, Thalles deixou o estúdio e, em seguida, retornou, dirigindo-se ao jornalista com xingamentos e desferindo-lhe um soco. Josival conseguiu se esquivar, mas caiu da cadeira devido ao movimento abrupto.

Vivemos em todo o mundo, nos últimos anos, uma escalda de violências contra os jornalistas, mas uma agressão deste tipo, partindo de quem deveria estar, de fato, ao lado, é algo que merece atenção especial e não pode ser tolerada, com o agravante de ter sido acompanhada, ao vivo, pelos ouvintes da rádio.

DIÁRIO DO SERTÃO com o Resumo PB

Tags:
COM OLIVAN PEREIRA

VÍDEO: Exoneração do sobrinho de Rivelino Martins e nomeação de Maura Sobreira agitam o Direto ao Ponto

CONTRA A LIBERAÇÃO

VÍDEO: Comandante da PM de Cajazeiras vê risco de aumentar crimes domésticos e fúteis com posse de arma

EM 2020

VÍDEO: Deputado federal sugere que Chico Mendes pode ser candidato a prefeito de Cajazeiras pelo PTB

UNA FREVO 2019

VÍDEO: Com 16 atrações, destaques nacionais e percurso do frevo, carnaval da cidade de Uiraúna é lançado