header top bar

section content

Exclusivo: Algemado, preso foge de Hospital Regional em Sousa e é capturado só de cueca

Foi preciso muita agilidade dos policias para alcançar o acusado que terminou sendo preso e levado até a Colônia Penal de Sousa

Por

09/08/2014 às 10h01

Após a fuga, o acusado foi capturado pelos policiais civis (Foto: Charley Garrido)

O pedreiro Francuelington dos Santos Silva, mais conhecido como "Eltinho", de 24 anos, foi preso em flagrante na última sexta-feira (08) após ter agredido sua esposa em Sousa, mas tentou fugir dos policiais após chegar no Hospital Regional de Sousa depois de fazer o exame de corpo de delito.

De acordo com informações da Polícia Civil, após ter espancado a mulher o acusado foi ouvido pelo delegado Cláudio Bezerra. Após ter sido autuado em flagrante por ameaça e agressão, o homem foi levado para fazer exame de corpo de delito para em seguida ser encaminhado até a Colônia Penal.

Pega ladrão
Após o exame, os policiais civis levaram o preso até a viatura, mas o acusado algemado conseguiu sair correndo em direção ao Terminal Rodoviário de Sousa. Houve perseguição e um dos policiais efetuou dois disparos para cima, mas o homem continuou correndo. Durante a correria, Eltinho ficou só de cueca.

 

Foi preciso muita agilidade dos policias para alcançar o acusado que terminou sendo preso e encaminhado até a Colônia Penal Agrícola do Sertão onde ficou a disposição da Justiça. 

Veja vídeo exclusivo nesta segunda-feira (11), no Balanço Diário na Tv Diário do Sertão a partir das 10hs da manhã.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

É GRAVE

VÍDEO! Moradores reclamam da falta de exames no laboratório municipal em Patos: “Não tem nem de sangue”

'QUEDA DE BRAÇO'

VÍDEO: Vice-presidente da OAB Nacional afirma que disputa entre advogados e juízes não gera ‘fissuras’

OUTUBRO ROSA

VÍDEO: Cajazeirense relata sua luta contra o câncer de mama e deixa mensagem de otimismo para mulheres

CRÍTICAS A BOLSONARO

VÍDEO: Professora cita problemas na UFCG e alerta para ‘desmonte criminoso das universidades públicas’