header top bar

section content

Discussão entre vizinhos por causa de som alto termina em morte em Sousa; marceneiro foi assassinado a facadas. Confira os detalhes!

A Polícia Militar recebeu a informação que o acusado fugiu por um matagal após o crime, e ainda continua foragido. Veja aqui

Por

04/06/2014 às 01h40

Vítima foi assassinada a facadas (Foto: DS)

O marceneiro Pedro Roberto Fernandes Lucena, de 50 anos, foi assassinado a facadas por volta das 23h desta terça-feira (03) dentro da própria residência no bairro do Angelim em Sousa. Segundo a Polícia Militar, o acusado é o popular Sebastião Rufino da Silva, vizinho da vítima, que praticou o crime depois de uma discussão por causa de um som alto.

De acordo com informações da Polícia Militar, primeiro houve uma briga por causa do som alto na casa da vítima, em seguida o acusado pegou uma faca e desferiu alguns golpes contra o marceneiro.

O Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (SAMU) foi acionado e esteve no local socorrendo a vítima até o Hospital Regional de Sousa (HRS), mas devido à gravidade dos ferimentos, o sousense não resistiu aos ferimentos e morreu.

O corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) em Patos, para o exame cadavérico.

Matou e fugiu
A Polícia Militar realizou diligências, mas até o momento o autor do homicídio ainda não foi localizado. A Polícia recebeu a informação que o acusado fugiu por um matagal após o crime.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras