header top bar

section content

Bacharel em Direito denuncia venda de combustível adulterado em posto da cidade de Cajazeiras. Confira!

“Tem posto vendendo combustível adulterado em Cajazeiras”, afirmou na sua postagem o bacharel no movimentado grupo intitulado “Jornalismo Cajazeiras”

Por Luzia de Sousa

10/02/2016 às 18h24 • atualizado em 10/02/2016 às 19h33

Denúncia de postos de combustíveis de Cajazeiras (Foto: reprodução Whatsapp)

O movimentado grupo do WhatsApp intitulado “Jornalismo Cajazeiras” trouxe uma denúncia grave nesta quarta-feira (10), dando conta de um posto que estaria vendendo combustível adulterado.

A denúncia foi feita pelo bacharel em Direito, Octávio Neto, que também milita na imprensa de Cajazeiras.

Octávio Neto não disse o nome do posto que está com essa prática criminosa, o que deixou os empresários do ramo insatisfeitos, pois teria deixado todos os postos sob suspeição.

“Tem posto vendendo combustível adulterado em Cajazeiras”, afirmou na sua postagem o bacharel. Ele assegurou que outros produtos também estão sendo comercializados na cidade indevidamente.

O outro lado
Em contato com a reportagem do Diário do Sertão, a coordenadora do Procon Andréa Coutinho (PSB) disse que a denúncia não foi formulada ao órgão, mas tem conhecimento do caso.

Segundo Andréa Coutinho o que se pode fazer é uma força tarefa junto ao Ministério Público envolvendo todos os comércios de combustíveis de Cajazeiras.

DIÁRIO DO SERTÃO

OS CIRENEUS DO CAMINHO

VÍDEO: Programa Mensagem de Esperança reflete sobre imunização espiritual e como lidar com adversários

'MENSAGEM DE FÉ'

VÍDEO: Padre apresenta programa especial na TV sobre a tradicional Festa de Dom Bosco em Cajazeiras

'OPINIÃO DO CIDADÃO'

VÍDEO: Em Cajazeiras, presidente da OAB-PB diz ser contra posse de arma: “Índices de mortes aumentam”

PROPRIEDADES EMBARGADAS

VÍDEO: Impedidos de plantar, agricultores de Cajazeiras acusam IBAMA de excessos na aplicação de multas