header top bar

section content

Zika está com os dias contados no Brasil, afirma Organização Mundial de Saúde em entrevista

No Brasil, foram registrados mais de 1,0 milhão de casos de zika, Sem contar com a dengue e chicungunya

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

25/04/2016 às 15h48 • atualizado em 25/04/2016 às 16h43

Nesta segunda-feira (25) a Organização Mundial da Saúde (OMS), afirmou que a epidemia de zika está com os dias contados no Brasil. A boa notícia é que há uma queda no número de casos, que provavelmente está relacionada ao fim do verão em todo o país.

“A epidemia está em uma fase descendente no Brasil”, afirmou Marie-Paule Kieny, subdiretora-geral da OMS, em uma entrevista coletiva de imprensa em Paris. “O mesmo acontece na Colômbia e Cabo Verde”, acrescentou.

Mas ainda se observou que é impossível saber no momento se haverá uma reativação desse vírus no futuro e uma propagação para outras áreas ainda não infectadas, ainda que os cientistas não esperem uma pandemia na Europa este ano.

Veja também:

Locutora chega ao hospital de Cajazeiras com suspeita de Guillain Barré, após Zika

?Mais um caso da doença que matou cajazeirense é registrado na PB; Ela teve primeiro a Zika Vírus. Vídeo

No Brasil, foram registrados mais de 1,0 milhão de casos de zika e o vírus se estendeu a muitos países da América Latina. Sem contar com a dengue e chicungunya.

No final de 2014, O vírus se espalhou pelo Brasil, Colômbia e Caribe por meio do mosquito Aedes aegypti, na maioria dos casos se provoca uma infecção benigna. Porém, se contraído durante a gravidez, o zika afeta o desenvolvimento do feto provocando microcefalia.

Ele também tem relação com problemas neurológicos, como a síndrome de Guillain-Barré, que provoca paralisia e até a morte.

De três a quatro milhões de casos de zika são esperados no continente americano. Até o momento, apenas alguns casos foram relatados na França e em seis países europeus, mas um aumento significativo no número de casos poderia ser observado em áreas do mundo ainda não atingidas pela epidemia, advertiu a OMS.

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
MUITO ESTRAGO

VÍDEOS: Chuva com vendaval causa destruição de prédios em Cajazeiras e Sousa e assusta moradores

DE 22 A 27 DE JANEIRO

VÍDEO: Teatro Ica completa 34 anos em Cajazeiras com extensa e diversificada programação cultural

DE 2017 PARA ESTE ANO

VÍDEO: São José de Piranhas tem aumento alarmante de homicídios em 2018; confira balanço da PM na região

VIXE!

VÍDEO: Vidente detalha futuro da imprensa de Cajazeiras e prevê mortes: “Não chega às festas juninas”