header top bar

section content

Rômulo faz homenagem a José Cavalcanti em Brasília

Em pronunciamento na câmara dos deputados, Rômulo Gouveia (PSDB-PB), lembrou que em recente homenagem a cidade de Cajazeiras, “que ensinou a Paraíba a ler”, não falou da criação, naquela cidade, de grandes grupos empresarias que são exemplos vivos de sucesso em todo o nordeste e no Brasil. “Digo isto para falar de um filho ilustre […]

Por

16/09/2009 às 21h30

/Em pronunciamento na câmara dos deputados, Rômulo Gouveia (PSDB-PB), lembrou que em recente homenagem a cidade de Cajazeiras, “que ensinou a Paraíba a ler”, não falou da criação, naquela cidade, de grandes grupos empresarias que são exemplos vivos de sucesso em todo o nordeste e no Brasil.

“Digo isto para falar de um filho ilustre de Cajazeiras que se enquadra no perfil de empreendedor ousado, comerciante determinado, homem que fez da coragem em enfrentar desafios e da honestidade como lema de vida. Refiro-me a José Cavalcanti da Silva, mais conhecido por Zé Cavalcanti, Diretor-Presidente do Grupo Cavalcanti Primo”, falou Rômulo.

O tucano falou ainda que sobreviver em um mercado competitivo, já contando com cinquenta anos de atuação no estado da Paraíba, faz do Grupo Cavalcanti Primo e de seu fundador, Zé Cavalcanti, um paradigma para as atuais gerações.

“Que a bandeira da Cavalcanti Primo fincada no sertão, continue a se espalhar por todo o território paraibano e que Zé Cavalcanti continue a ser por longos anos o timoneiro dessa importante empresa, com a garra, a determinação e o zelo com os quais sempre a conduziu”, disse o parlamentar paraibano.

Da redação do Diário do Sertão

Tags:
ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa

AMOR E FÉ

ESPECIAL DE FÉRIAS: Crianças e adolescentes de Cajazeiras e Sousa abrilhantam programa na TV Diário

AUXILIAR DO TROVÃO

VÍDEO: Agora no Atlético-PB, ex-jogador do Corinthians está confiante em vaga no Brasileirão da Série D

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Médico alerta para consequências do uso excessivo de alguns medicamentos no aparelho digestivo