header top bar

section content

Roberto Cavalcanti apresenta projeto de lei que regulamenta profissão do artesão

O centenário de um dos mais importantes artesãos nordestino, o mestre Vitalino, inspirou o senador Roberto Cavalcanti (PRB) na apresentação de Projeto de Lei (136 de 2009) que dispõe sobre a regulamentação da profissão. – O projeto contempla milhões de brasileiros que, de alguma forma, estão inseridos no processo de produção artesanal, informa Cavalcanti. O […]

Por

08/06/2009 às 23h31

O centenário de um dos mais importantes artesãos nordestino, o mestre Vitalino, inspirou o senador Roberto Cavalcanti (PRB) na apresentação de Projeto de Lei (136 de 2009) que dispõe sobre a regulamentação da profissão.

– O projeto contempla milhões de brasileiros que, de alguma forma, estão inseridos no processo de produção artesanal, informa Cavalcanti.

O senador aponta o artesanato como responsável pela diminuição da linha de exclusão social.

– Não fosse o artesanato, esta linha seria ampliada consideravelmente, impondo aumento de recursos destinados à programas de proteção social como o Bolsa-Família, ilustra.

O projeto, já em tramitação no Senado Federal, prevê a criação da Carteira Nacional do Artesão, estimula criação de escola técnica federal do artesanato e abre canais de contribuições sociais para viabilização de aposentadoria.

– O mestre Vitalino, que inspira gerações e é um dos nomes mais importantes do artesanato brasileiro, morreu de varíola aos 45 anos, pobre e sem assistência, lembra o senador.

Nesta segunda-feira 8, Roberto Cavalcanti foi um dos entrevistados de um documentário produzido pela TV Senado para celebrar o centenário do artesão pernambucano.

Entre todas as personalidades políticas e artísticas inseridas no documentário, o senador é o único que interagiu com o mestre Vitalino, ainda na década de 50, na ocasião em que seu pai, o médico e antropólogo René Ribeiro, produziu o livro Vitalino, publicado pelo Instituto Joaquim Nabuco.

– Tinha onze anos quando acompanhava meu pai nas entrevistas do mestre Vitalino e a viagem até o Alto do Moura, em Caruaru (PE), era uma aventura marcante. Assim como Vitalino, um homem humilde, mas muito a frente de seu tempo, lembra o senador.

Fonte:Wscom

Tags:
ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa

AMOR E FÉ

ESPECIAL DE FÉRIAS: Crianças e adolescentes de Cajazeiras e Sousa abrilhantam programa na TV Diário

AUXILIAR DO TROVÃO

VÍDEO: Agora no Atlético-PB, ex-jogador do Corinthians está confiante em vaga no Brasileirão da Série D

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Médico alerta para consequências do uso excessivo de alguns medicamentos no aparelho digestivo