header top bar

section content

TRE define início da biometria de eleitores de Cajazeiras, Bom Jesus e Cachoeira – VÍDEO

Gestores assinaram termos de cooperação entre TRE-PB e prefeituras para instalação de postos de atendimento com vista à realização do cadastramento

Por Jocivan Pinheiro

26/01/2017 às 16h32 • atualizado em 26/01/2017 às 16h33

Na manhã desta quinta-feira (26), o vice-presidente e corregedor do TRE-PB (Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba), desembargador Romero Marcelo da Fonseca Oliveira, reuniu no Fórum Ferreira Júnior, juízes, prefeitos, vice-prefeitos e presidentes de câmaras municipais das cidades de Cajazeiras, Bom Jesus e Cachoeira dos Índios para definir os detalhes acerca do início do cadastramento biométrico de eleitores da 42ª e 68ª Zonas Eleitorais com sede em Cajazeiras.

No encontro, os gestores assinaram termos de cooperação técnica entre o TRE-PB e as prefeituras, objetivando o desenvolvimento de ações conjuntas entre seus servidores para a instalação de postos de atendimento ao eleitor com vista à realização do cadastramento biométrico, que começará no dia 06 de março e vai até o dia 19 de dezembro.

Vice-presidente do TRE-PB, desembargador Romero Marcelo da Fonseca Oliveira

Para o vice-presidente do TRE-PB, a biometria traz muito mais transparência para o processo eleitoral. Mas ele deixa um alerta: o eleitor que não fizer o cadastramento terá o título cancelado e consequentemente sofrerá graves sanções como impedimento de participar de concursos, de assumir emprego público, de contrair empréstimos e abrir conta em bancos, cancelamento de CPF, entre outras.

– O cadastramento é obrigatório. O eleitor terá que comparecer. O eleitor que não for cadastrado vai ter o seu título eleitoral cancelado, e aí ele só poderá se alistar novamente como eleitor depois das eleições de 2018, e isso pode representar um prejuízo muito grande – ressalta o desembargador.

Encontro em Cajazeiras definiu detalhes acerca do início do cadastramento biométrico de eleitores

Participaram da reunião a juíza da 42ª Zona Eleitoral, Adriana Lins; o juiz da 68ª Zona Eleitoral, Jeremias de Cássio; prefeito e vice de Cajazeiras, José Aldemir (PP) e Marcos do Riacho do Meio (PT); prefeito e vice de Bom Jesus, Roberto Bayma (PSDB) e João Melquíades (PSD); e os presidentes das câmaras de Cajazeiras, Marcos Barros (PSB), e Cachoeira dos Índios, Chico Brito (PR).

Reunião sobre cadastramento biométrico em Cajazeiras

.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre tradicional colégio de Cajazeiras e recebe diretora, professoras e alunas

ALUNOS DÃO SHOW

VÍDEO: 3º dia da Mostra de Conhecimentos destaca a natureza, tecnologias, leitura, teatro e matemática

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: advogado sousense fala sobre a redução da maioridade penal. Você é contra ou a favor?

VÍDEO

Dra Paula fala sobre dificuldades na gestão do seu esposo em Cajazeiras e diz ser contra demissões