header top bar

section content

Ex-prefeito da região de Sousa é condenado a 4 anos de prisão e a devolver de 180 mil por mau uso de verba Federal durante seu mandato

A sentença ainda cabe recurso e o ex-prefeito poderá recorrerem em liberdade.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

26/05/2017 às 09h23

O ex-prefeito Gilson Mendes Luiz do município de Nazarezinho, na região de Sousa foi condenado pela Justiça Federal da 5º Regional em Recife no estado do Pernambuco, a um processo administrativo.

Publicada no Diário Oficial, a condenação do ex-gestor se deu por causa de algumas irregularidades cometidas quanto ao convênio de nº 047/2008, firmado durante o período de 2008 a 2010, onde os recursos federais enviados pelo Ministério do desenvolvimento Social e Combate à Fome foram desviados e aplicados em proveito próprio.

Gilson Mendes terá que cumprir a pena de 4 anos e 15 dias, a ser cumprida inicialmente em regime semiaberto, com base no art. 33, § 2º, alínea “b”, do Código Penal, e a devolução de R$ 180.000,00 devidamente atualizados como efeito especial da condenação.

A sentença ainda cabe recurso e o ex-prefeito poderá recorrerem em liberdade.

O OUTRO LADO
A reportagem do Portal Diário do Sertão tentou entrar em contato com a defesa do ex-prefeito de Nazarezinho Gilvan Mendes, mas até o fechamento dessa matéria, ninguém foi encontrado.

O Diário do Sertão deixa o espaço aberto para que alguém se pronuncie.

DIÁRIO DO SERTÃO

YOUTUBER DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Léo Abreu revela em quais profissões podemos encontrar psicopatas

ESPERANÇA NA POLÍTICA!

VÍDEO: Pastor evangélico fala sobre Bolsonaro: “Ele incorporou o que a sociedade acredita: a família”

ASSISTA!

Arquitetura, urbanismo e direitos humanos marcaram último episódio da temporada do Coisas de Cajazeiras

VÍDEO

Comemorando o dia dos Direitos Humanos, professor fala sobre os avanços da data no Diversidade em Foco