header top bar

section content

Estado de calamidade levam MP a abrir inquérito policial contra a Casa de Albergue em Sousa

O documento é extenso e trás em riqueza de detalhes toda a situação em que a unidade se encontra

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

04/08/2017 às 16h51 • atualizado em 04/08/2017 às 16h53

Um relatório de inspeção divulgado pelo Ministério Público apontou que a Cadeia Pública da cidade de Sousa, sertão do estado, encontra-se em estado de calamidade.

Estado de calamidade em Albergue de Sousa (Foto: Divulgação)

Segundo com o relatório de inspeção que foi realizada no último dia 6 de julho, a cadeia que abriga cerca de 100 presos em apenas 5 celas, está em ruínas e com aparência de um prédio abandonado. Em sua estrutura há infiltrações, e quando chove há riscos de choque elétrico. Além das péssimas condições físicas, há apenas um único agente penitenciário e não há sala especifica para a administração da unidade prisional.

O documento é extenso e trás em riqueza de detalhes toda a situação em que a unidade se encontra. O Promotor de Justiça, Dr Ricardo José de Medeiros e Silva determinou a abertura de inquérito civil.

DIÁRIO DO SERTÃO

MUITO ESTRAGO

VÍDEOS: Chuva com vendaval causa destruição de prédios em Cajazeiras e Sousa e assusta moradores

DE 22 A 27 DE JANEIRO

VÍDEO: Teatro Ica completa 34 anos em Cajazeiras com extensa e diversificada programação cultural

DE 2017 PARA ESTE ANO

VÍDEO: São José de Piranhas tem aumento alarmante de homicídios em 2018; confira balanço da PM na região

VIXE!

VÍDEO: Vidente detalha futuro da imprensa de Cajazeiras e prevê mortes: “Não chega às festas juninas”