header top bar

section content

VÍDEO: Preocupado, TRE realiza reunião em Cajazeiras para tentar acelerar o recadastramento biométrico

O prazo final para a biometria na região de Cajazeiras foi antecipado para o dia 30 de novembro

Por Jocivan Pinheiro

20/10/2017 às 17h11 • atualizado em 20/10/2017 às 17h13

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba realizou uma reunião nesta sexta-feira (20) no Fórum Ferreira Junior, em Cajazeiras, para discutir com os cidadãos, entre eles políticos e gestores públicos, o recadastramento biométrico. A Justiça Eleitoral do Estado está preocupada com o número de pessoas que ainda não fizeram a biometria.

Em Cajazeiras faltam cerca de 14 mil eleitores. Em Bom Jesus e Cachoeira dos Índios, juntas, quase 2 mil ainda não se recadastraram.

O prazo final para recadastramento biométrico na região de Cajazeiras foi antecipado para o dia 30 de novembro.

VEJA TAMBÉM: Prazo final para biometria na região de Catolé do Rocha é antecipado, e Justiça alerta eleitores

Reunião no Fórum Ferreira Junior teve as presenças de políticos e gestores públicos

O vice-presidente do TRE-PB, desembargador Romero Marcelo, lamenta que todos os esforços das equipes de recadastramento não estejam surtindo o efeito esperado a essa altura. Ele também alerta os eleitores para os riscos de terem seus títulos cancelados.

“Todo esse esforço que nós estamos fazendo de atendimento vai desaparecer. Isso é um prejuízo enorme. Todas as pessoas que têm título eleitoral, votem ou não votem, terão que fazer o recadastramento. Mesmo as pessoas que têm mais de 70 anos, elas terão que fazer para permanecer como eleitores, senão terão o título cancelado”.

Em Cajazeiras faltam cerca de 14 mil eleitores se recadastraram

Na reunião um cidadão afirmou que ainda não fez o recadastramento porque não vale mais a pena votar nos políticos brasileiros. Sobre esse episódio, Romero Marcelo respondeu:

“É mais um engodo que se está colocando na cabeça do povo brasileiro. O exercício da cidadania é o voto. Se ele não vota, os candidatos serão eleitos com os votos daqueles que acorrerem à votação. Não tem eleição nula porque eleitor deixou de votar”.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

É GRAVE

VÍDEO! Moradores reclamam da falta de exames no laboratório municipal em Patos: “Não tem nem de sangue”

'QUEDA DE BRAÇO'

VÍDEO: Vice-presidente da OAB Nacional afirma que disputa entre advogados e juízes não gera ‘fissuras’

OUTUBRO ROSA

VÍDEO: Cajazeirense relata sua luta contra o câncer de mama e deixa mensagem de otimismo para mulheres

CRÍTICAS A BOLSONARO

VÍDEO: Professora cita problemas na UFCG e alerta para ‘desmonte criminoso das universidades públicas’