header top bar

section content

SOFRIMENTO: Idosa pede ajuda para neto doente que está passando fome: “Ele pediu um pão e eu não tinha”

Dona Maria de Fátima Abrantes, de 62 anos, e seu neto de apenas 6 anos de idade vivem em situação de extrema pobreza na cidade de Cajazeiras

Por Jocivan Pinheiro

26/01/2018 às 13h26 • atualizado em 26/01/2018 às 13h30

A idosa Maria de Fátima Abrantes, de 62 anos, e seu neto de apenas 6 anos de idade vivem em situação de extrema pobreza na cidade de Cajazeiras, agravada por problemas de saúde, e por isso ela procurou a TV Diário do Sertão para pedir ajuda.

Dona Maria da Fátima passou a criar o neto quando sua filha, mãe da criança, foi assassinada há cerca de dois anos. Na época o pai do garoto estava preso. Hoje em liberdade, ele tenta conseguir trabalho, mas não consegue. Segundo a idosa, o rapaz sofre discriminação por ter sido presidiário.

Atualmente a situação financeira da família é desesperadora porque dona Maria de Fátima e o neto tentam sobreviver com apenas 730 reais de pensão. Com esse dinheiro, paga-se aluguel, água, luz, mas muitas vezes falta alimentação.

Para piorar, tanto a idosa como seu neto sofrem de problemas de saúde. Dona Maria de Fátima toma remédios controlados. Já o garoto está constantemente doente.

“Eu tenho muita pena. Ontem ele estava pedindo um pão e eu não tinha para dar. Que eles não olhem tanto para mim, mas para essa criança que tem seis anos, que só vive doente, cansado, com febre, preciso levar para o hospital à meia noite e saio com ele gritando, pedindo ajuda ao povo porque eu não tenho condição de pagar nem o transporte para levar ele. Por favor, tenham pena!”

Quem puder ajudar, basta entrar em contato com o repórter José Dias Neto pelo telefone (83) 99144-0709 ou procurar a família no endereço Rua José Pedro Quirino, Centro, nº 114.

DIÁRIO DO SERTÃO

DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras

ECONOMIA

VÍDEO: Com fila zerada, Bolsa Família injeta quase R$ 2 milhões por mês em Cajazeiras, diz coordenador