header top bar

section content

VÍDEO: Governador inaugura reforma e ampliação do Teatro Ica, em Cajazeiras; obra custou R$ 5 milhões

No palco, Ricardo Coutinho afirmou que o Íracles Pires se tornou um dos melhores teatros da Paraíba e será um grande espaço para a produção cultural do estado

Por Jocivan Pinheiro

09/03/2018 às 15h53 • atualizado em 09/03/2018 às 15h54

O governador Ricardo Coutinho (PSB) entregou, na noite desta quinta-feira (8), a reforma e ampliação do Teatro Íracles Pires, o Ica, em Cajazeiras.

Com investimentos em torno de R$ 5 milhões, a obra transformou o teatro em um ambiente adequado às necessidades dos artistas e do público que irá prestigiar as apresentações culturais. O local teve a capacidade ampliada de 176 para 240 lugares.

A reinauguração contou com a apresentação dos alunos do Programa de Inclusão através da Música e das Artes (Prima). Também houve apresentação de palhaços do grupo La Confusion e a peça “Trinca, mas não quebra”.

VEJA TAMBÉM: Ricardo Coutinho entrega reforma de escolas e de hospital em cidade da Paraíba

Ricardo discursa no novo palco do Teatro Ica

Na oportunidade, Ricardo afirmou que, após a reforma e ampliação, o Íracles Pires se tornou um dos melhores teatros da Paraíba e será um grande palco para a produção cultural paraibana.

“Essa é uma obra de um governo que tem uma identidade profunda com a cultura. Nos últimos anos reconstruímos o Íracles Pires e o Teatro Paulo Pontes. Fizemos o maior teatro do Brasil que é o Pedra do Reino; também o Cine São José; reformamos o Espaço Cultural. Enfim, são muitas ações importantes na área da cultura”, avaliou. “O Íracles Pires vai dar vida nova ao cenário cultural de Cajazeiras”, acrescentou o governador.

Teatro teve a capacidade ampliada de 176 para 240 lugares

O teatro passou por serviços preliminares, movimento de terra, demolição, coberta, revestimento, esquadrias, climatização, instalação elétrica, sonorização, cenotecnia, pintura, entre outros. Também foi criado um painel inspirado no cubismo.

“É uma conquista gigante para a classe artística de Cajazeiras e da região. É algo que nós esperávamos há muito tempo, e hoje nós temos a oportunidade de termos uma grande casa de espetáculos com capacidade maior de público, com estruturação de palco e equipamentos de ponta. É muito satisfatório termos tudo isso”, destacou o diretor do teatro, Osvaldo Moésia.

Peça “Trinca, mas não quebra” foi a primeira no novo palco

Foram construídos novos camarins, local para plateia VIP, rampa de acessibilidade, bilheteria, diretoria, sala de técnica, baterias de banheiros, refeitório, cozinha, almoxarifado, depósito, banco em concreto armado, salão de dança, um reservatório elevado e outros ambientes.

Reforma e ampliação custaram R$ 5 milhões

DIÁRIO DO SERTÃO

QUARTO EPISÓDIO

Em homenagem ao Dia das Crianças, programa Coisas de Cajazeiras entrevistou uma turma esperta e antenada

EMOÇÃO E REVOLTA

VÍDEO: Após um ano e três meses, Victória Albuquerque é sepultada sob lágrimas e protestos em Cajazeiras

CRISE?

VÍDEO: Empresário afirma que tem vagas de emprego em Cajazeiras, mas faltam profissionais capacitados

DIRETO AO PONTO

Eleitos em Cajazeiras devem se comprometer com aeródromo, estrada de Boqueirão e hospital, diz colunista