header top bar

section content

Comissão liderada por deputados refaz caminhos da Coluna Prestes na Paraíba e debate com a sociedade

A Coluna Prestes foi um movimento político brasileiro do início do século passado liderado por militares contrários ao governo da República Velha e às elites agrárias

Por Leila Oliveira

11/03/2018 às 16h00 • atualizado em 15/03/2018 às 03h12

Comissão da Coluna Prestes visita cidades do Sertão da PB

Os 92 anos da passagem da Coluna Prestes pelo Sertão paraibano serão debatidos nos dias 13 e 14 de abril nas câmaras municipais de Pombal e Coremas.

A Comissão da Coluna Prestes está refazendo os caminhos por onde o movimento passou na Paraíba e realizando debates, audiências públicas, historiografia e city tour para mostrar às populações a importância da coluna no início do século passado.

A cidade de Santana dos Garrotes recebeu na sexta-feira, dia 02, representantes da Comissão para uma audiência pública na Câmara Municipal, onde o debate ocorreu com estudantes de escolas públicas, os deputados estaduais Janduy Carneiro e Jeová Campos, o chefe de gabinete do governador, Nonato Bandeira, e o povo santanense.

Em seguida foi a vez de Piancó, onde houve uma verdadeira aula sobre o tema proferida pelo professor e historiador José Octávio de Arruda Mello, com as participações de vereadores, professores, alunos e membros da Comissão.

A Comissão é composta pelo coordenador da trilha, Salviano Leite (ativista cultural), João Pinto Neto (jornalista e presidente da API), João Leite (músico), Pedro Severino de Sousa (escritor), Messina Palmeira (jornalista e presidente da ABRAJET/PB), os jornalistas Rui Galdino e Leila Oliveira e o multimídia César Nitão.

Comissão da Coluna Prestes visita cidades do Sertão da PB

O que foi o movimento

A Coluna Prestes foi um movimento político liderado por militares contrários ao governo da República Velha e às elites agrárias. Teve esse nome porque um dos líderes do movimento foi o capitão Luíz Carlos Prestes.

A principal causa foi a insatisfação de parte dos militares com a forma que o Brasil era governado na década de 1920: falta de democracia, fraudes eleitorais, concentração de poder político nas mãos da elite agrária e exploração das camadas mais nobres pelos coronéis.

Recomendado para você pelo google

ASSISTA À ENTREVISTA

EXCLUSIVO: Em Cajazeiras, Ciro Gomes fala sobre Lula, PT, Bolsonaro, Ricardo, João Azevêdo e eleições

VÍDEO

Empresário revela convite das oposições de Cajazeiras para disputar a prefeitura e derrotar Zé Aldemir

EVENTO CATÓLICO

VÍDEO: I Adora Cristo é sucesso em Cajazeiras, e coordenador da Missão Éfeso acredita em crescimento

SAÚDE BUCAL

VÍDEO: ortodontista sousense revela se é possível rejeição em casos de implantes dentários