header top bar

section content

Morre em hospital de João Pessoa médico e ex-deputado natural de cidade do Sertão da PB

Ele também foi autor da propositura que resultou na emancipação política de três cidades sertanejas e deixa um grande legado de trabalho.

Por Luzia de Sousa

24/05/2018 às 16h05

Médico e ex-deputado da Paraíba (Foto: Arquivo Pessoal)

Faleceu em um hospital da capital nesta quinta-feira (24), o ex-deputado natural da cidade de Princesa Isabel, Sertão da Paraíba, o médico Aloysio Pereira, 95 anos em decorrência de complicações cardíacas.

Médico formado pela Universidade Federal de Pernambuco e ex-secretário estadual de saúde, Aloysio Pereira foi eleito deputado estadual em 1958, e reeleito nos anos 1962, 1966, 1982, 1986 e 1990. Integrou várias comissões técnicas e presidiu a Comissão de Saúde por duas vezes. Foi também autor da propositura que resultou na emancipação política das cidades de Água Branca, Tavares e São José de Princesa.

O corpo do ex-deputado Aloísio Pereira está sendo velado na Central de Velório São João Batista, em João Pessoa, e o sepultamento acontece às 10h, desta sexta-feira (25), no Cemitério Senhor da Boa Sentença, no Varadouro, na Capital.
A Assembleia Legislativa da Paraíba lamentou o falecimento do ex-deputado. O deputado estadual João Henrique (PSDB), também lamentou a morte do político.

História
Filho do Coronel José Pereira Lima, médico formado pela Universidade Federal de Pernambuco, ex-deputado estadual, ex-secretário estadual de saúde e um dos líderes políticos mais importantes da Paraíba, o princesense Dr. Aloysio Pereira Lima acumulou importantes cargos ao longo da carreira profissional, foi assistente Técnico do Hospital dos Servidores, no Estado do Rio de Janeiro (1949), Delegado do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Estado, em Recife – PE (1955), compôs a direção do Hospital Alcides Vieira Carneiro, em Campina Grande – PB (1956), Primeiro Secretário da Associação de Casas de Saúde e Hospitais da Paraíba, Fundador da Associação Médica do Estado da Paraíba, Membro do Conselho de Administração Hospitalar Napoleão Laureano, Diretor Suplente da Fundação Laureano, Membro da Diretoria Lyons Clube, em Campina Grande e Presidente da Lyons Club, em João Pessoa. Em 1979, à convite do então governador Tarcísio Burity, assumiu o cargo de secretário de estado da saúde, onde, entre dezenas de ações, construiu quatro hospitais (Catolé do Rocha, Sousa, Pedras de Fogo e Princesa Isabel).

Eleito para o cargo de deputado estadual em 1958 ocupou a cadeira na Casa de Epitácio Pessoa por seis legislaturas: 1958, 1962, 1966, 1982, 1986 e 1990. Na ALPB, foi membro de várias comissões técnicas e presidente da Comissão de Saúde por duas vezes. Autor de inúmeros projetos nas áreas de Educação, Saúde, Eletrificação, Abastecimento d’água e Estradas, foi também autor da propositura que resultou na emancipação política das cidades de Água Branca, Tavares e São José de Princesa. No âmbito partidário, foi membro estadual dos partidos PFL (hoje DEM), PSD, MDB e PDT. Reconhecidamente, um político de destaque, recebeu importantes homenagens, entre elas, a Medalha Epitácio Pessoa (ALPB, 2008), Medalha Constituição Cidadã Ulisses Guimarães (ALPB, 2009), Título Fundador Emérito da Academia Paraibana de Medicina (2010), Título Personalidades 2011 (Princesa AM 970), Comenda Natália do Espírito Santo (CMPI) e Medalha Ad Meritum Felipe Kumamoto (2011). (Política24h)

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

VISTANDO SUA TERRA NATAL

Heron Cid defende centro universitário em Marizópolis e ponto de intersecção entre Sousa e Cajazeiras

BOA NOTÍCIA

Hospital Universitário de Cajazeiras passa a oferecer novos serviços para a população do Alto Sertão

REVOLTA

VÍDEO: ‘Só quem odeia Lula o quer preso, como se ele fosse um bandido perigoso’, diz jornalista

VÍDEO

“Sou liderança forte, mas estou abandonado”, declarou Gobira ao vivo sobre grupo de Carlos Antonio