header top bar

section content

Fumar maconha acelera o envelhecimento cerebral

Um recente estudo aponta efeito negativo associado à droga

Por Notícia ao Minuto

26/08/2018 às 08h17

Um recente estudo aponta efeito negativo associado à droga

Fumar ou não fumar? Muitos defendem que os malefícios do álcool superam os da maconha e que esta deveria ser uma droga legalizada dado os seus controlados efeitos em doses moderadas.

Mas tais argumentos não impedem que variados cientistas analisem a substância. Daniel Amen é autor de um destes estudos, e aponta os danos cerebrais que surgem como consequência do consumo frequente de maconha, nomeadamente o envelhecimento cerebral.

O pesquisador indica um envelhecimento do cérebro três vezes superior ao normal, apontado pelo menor fluxo sanguíneo a esta zona do corpo, essencial ao seu bom funcionamento, e que pode levar a consequências como ataques cardíacos ou demência.

As conclusões surgiram da análise ao cérebro de mais de 31.000 indivíduos – o maior estudo do gênero já realizado. Nenhuma associação entre consumo de cannabis e depressão foram apontadas, mas sim doenças bipolares.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/lifestyle/641349/fumar-maconha-acelera-o-envelhecimento-cerebral

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras