header top bar

section content

Reitor diz que IFPB não pode cumprir prazo dado por empresários no caso do terreno doado em Cajazeiras

Os empresários que doaram um terreno de 40 mil m² ao campi de Cajazeiras ameaçam tomar de volta caso o instituto não inicie até final de dezembro alguma obra

Por Jocivan Pinheiro

26/10/2018 às 15h26 • atualizado em 26/10/2018 às 15h29

O campi do Instituto Federal da Paraíba (IFPB) em Cajazeiras vive um clima de apreensão. Tudo começou após um grupo de empresários que doou um terreno de 40 mil m² ter ameaçado tomá-lo de volta caso o instituto não inicie até o final de dezembro alguma obra no local.

O terreno foi doado em 2014 para que o IFPB construísse um centro de tecnologia para cursos superiores. Porém, até o momento nada foi feito. Por isso, os empresários deram um ultimato ao reitor Cícero Nicácio e estipularam prazo para o último dia deste ano, 31 de dezembro. Se nada for feito, eles querem o terreno de volta.

VER MAISEx-reitor fala sobre possível perda de terreno do IFPB de Cajazeiras e pede união de forças

Nesta sexta-feira (26), Cícero Nicácio visitou a cidade de Cajazeiras e no auditório do IFPB respondeu a questionamentos da imprensa. Segundo ele, é impossível que até 31 de dezembro o IFPB possa fazer algum investimento no local.

“Quando nós tivemos a conversa com os empresários, deixamos claro que nós precisaríamos de um lapso temporal razoável. Eu sou gestor de um instituto que tem quase meio bilhão de reais em orçamento, e eu não serei irresponsável de fazer uma pactuação que não posso realizar. E quem é gestor público sabe muito bem do que é estabelecido na legislação”, justificou o reitor.

Reitor Cícero Nicácio prestou entrevista coletiva em Cajazeiras

Nicácio explicou que atualmente o orçamento do campi de Cajazeiras é de R$ 150 mil. No entanto, segundo ele, só a delimitação do terreno custa R$ 300 mil.

“Eu compreendo a ansiedade dos empresários. Estamos para dialogar e fazermos investimento a médio prazo. Quando eu digo a médio prazo eu me refiro, no mínimo, ao ano que vem, para que a gente possa fazer pelo menos a delimitação do terro”, disse.

VEJA TAMBÉMIFPB de Cajazeiras corre risco de perder terreno doado; empresários ampliam prazo

Terreno doado por empresário ao IFPB de Cajazeiras

Segundo o grupo de empresários, o deputado federal Luiz Couto (PT-PB) destinou recursos para o Instituto Federal da Paraíba que poderiam viabilizar a expansão do campi de Cajazeiras. Mas o reitor esclareceu que a emenda do deputado foi dividida com todos os IF do estado.

“Esses 700 mil nós fizemos o processo de distribuição de recursos para atender a cada unidade, para fazer a compra de equipamento, senão a instituição não sobrevive”, frisou Cícero Nicácio.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

FÉ NO SANTO

VÍDEO: No dia de São José, católicos agradecem pelas chuvas na região de Cajazeiras; previsão é otimista

DIAS 30 E 31 DE MARÇO

VÍDEO: Comédia “Escolinha Profana”, dos criadores do “Pastoril Profano”, se apresentará em Cajazeiras

ÚLTIMOS PROCEDIMENTOS

VÍDEO: Cemitério da Zona Norte de Cajazeiras deverá ser construído ainda neste ano, afirma secretária

DE OLHO NO TURISMO

VÍDEO: Prefeito de Monte Horebe revela que está planejando festival de inverno com uma semana de eventos