header top bar

section content

Esposo e filhos emocionam multidão durante despedida de mulher que morreu de complicações pós-parto

O sentimento era de desespero por parte do esposo, filhos e familiares.

Por Luzia de Sousa

22/11/2018 às 17h39

Despedida de mulher que faleceu na Maternidade de Cajazeiras (Foto: Radar 190)

Foi sepultada nessa quarta-feira (22), no cemitério de Bonito de Santa Fé, Rosimery Brito, 31 anos de idade. Ela faleceu nessa terça-feira (21) na maternidade Dr. Deodato Cartaxo, em Cajazeiras, por complicações pós-parto.

+ LAMENTÁVEL: Mulher de 31 anos morre na maternidade de Cajazeiras após complicações pós-parto

Meirinha foi vela no Sítio Olho D’agua, Zona Rural de Bonito de Santa Fé. Foi celebrada missa de corpo presente presidida pelo Padre Humberto Mangueira, e em seguida a mulher foi sepultada.

O sentimento era de desespero por parte do esposo, filhos e familiares. Amigos foram dar último adeus a Meirinha. A criança sobreviveu. Ela deixou quatro filhos.

Mulher faleceu nessa terça-feira (Foto: Arquivo pessoal)

A prefeitura de Bonito de Santa Fé emitiu Nota de Pesar pelo falecimento de Meirinha e se solidarizou com a família.

Despedida de mulher que faleceu na Maternidade de Cajazeiras (Foto: Radar 190)

Despedida de mulher que faleceu na Maternidade de Cajazeiras (Foto: Radar 190)

Despedida de mulher que faleceu na Maternidade de Cajazeiras (Foto: Radar 190)

Despedida de mulher que faleceu na Maternidade de Cajazeiras (Foto: Radar 190)

Despedida de mulher que faleceu na Maternidade de Cajazeiras (Foto: Radar 190)

DIÁRIO DO SERTÃO com fotos do Radar 190

CAMPEONATO PARAIBANO 2019

VÍDEO: Diário Esportivo recebe a comissão técnica do Atlético de Cajazeiras e Ederson confirma reforços

sadasd

VÍDEO: Programa Mensagem de Esperança desta semana reflete sobre a importância das ‘pequenas coisas’

OBRAS E INAUGURAÇÕES

Prefeito de Sousa reúne imprensa para coletiva e anuncia ações e inaugurações para o final do ano

ENTREVISTA EXCLUSIVA

VÍDEO: Dra. Paula garante Zé Aldemir candidato em 2020, mas pede cuidado em alianças com ‘bagulhos’