header top bar

section content

Secretário da Prefeitura de Sousa fala sobre o impasse entre artista e empresa no caso dos dinossauros

Berg Carnaubano acusa a empresa Barros Construções de estar enganando a Prefeitura. Artista afirma que as dimensões da estrutura dos dinossauros estão erradas

Por Jocivan Pinheiro

01/12/2018 às 12h11 • atualizado em 01/12/2018 às 12h27

Projeto prevê dois dinossauros formando um “portal” de entrada para Sousa

O secretário de Comunicação da Prefeitura de Sousa, Eugênio Rodrigues, se manifestou sobre o impasse entre o artista plástico Berg Carnaubano e a empresa Barros Construções, responsáveis pela confecção e instalação, respectivamente, de duas “estátuas” de dinossauros na entrada da cidade.

Berg acusa a empresa de estar apenas enganando a Prefeitura e atrapalhando a obra. Segundo o artista, as dimensões da estrutura sobre a qual ele pretende confeccionar os dinossauros estão erradas e colocam em risco a obra.

“A empresa trabalha com a intenção direta de enganar. Ela não serve para nada na construção dessa obra. Ela é só uma empresa que ganhou uma licitação e está atrapalhando a construção do trabalho que interessa muito ao município”, declara Berg Carnaubano.

Ouça a entrevista de Berg Carnaubano prestada ao repórter Leonardo Alves:

A versão da Prefeitura

Ao Diário do Sertão, o secretário de Comunicação da Prefeitura de Sousa, Eugênio Rodrigues, disse que o artista foi contratado pela empresa e, portanto, o assunto deve ser resolvido entre as duas partes. Ele alega que apesar de não estar sendo executada na velocidade que se esperava, a obra não está parada.

A versão da empresa

O Blog do Levi, que publicou a primeira matéria sobre o caso, entrou em contato com o procurador da Barros Construções, Alisson Paulineli. Ele disse que Berg está equivocado, pois a empresa vem cumprindo com todas as responsabilidades. Porém, admitiu atraso na obra devido à complexidade do projeto. No entanto, Alisson Paulineli garantiu que o serviço não está parado e vai entregar a obra conforme as exigências do contrato com a Prefeitura.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

DESMITIFICANDO!

ASSISTA: Médico e ex-prefeito de Cajazeiras esclarece polêmicas que envolvem o tratamento ‘eletrochoque’

CRÍTICAS A IMÓVEL ALUGADO

VÍDEO: Interdição de escola gera embate entre professores e gerente de Educação na cidade de Cajazeiras

ACIDENTE DE MOTO

EXCLUSIVO: Do hospital, Paulo Feitoza revela que quase ficou paraplégico e diz que está vivo por milagre

NA TV

VÍDEO: Casal de idosos volta a fazer apelo para reformar casa que corre risco de desabar em Cajazeiras