header top bar

section content

Com manancial que abastece três cidades seco, agricultor se ajoelha e clama a Deus por chuva no Sertão

Construída há 34 anos no governo de Wilson Braga, em 1984, a barragem de Capoeira abastece três cidades.

Por Luzia de Sousa

30/12/2018 às 15h52 • atualizado em 31/12/2019 às 09h01

Barragem de Capoeira está em situação crítica

Barragem Capoeira, localizada no município de Santa Terezinha, Sertão da Paraíba está em condições críticas, pois desde o dia 21 de novembro entrou no seu volume morto.

+ VOLTA DA SECA? Meteorologista prevê perda de lavoura em 2019 para Patos, Pombal, Sousa e Cajazeiras

O agricultor Raimundo Soares de Lima, mais conhecido por Chimba, que inclusive trabalhou na construção da barragem de Capoeira, em 1982 disse ao  Blog do Jordan Bezerra que este é pior momento que vive o manancial, pois está com apenas 4% de sua capacidade.

“Eu nunca vi este açude nesta situação. Trabalhei aqui e vivo todos os dias. Sei pela medição das pedras, e hoje ela está ainda mais seca. Se continuar como está, acredito e vai faltar água para a população das cidades que dependem deste manancial. Não tem mais como cavar sequer um poço. Nunca vi uma situação triste como essa”, lamenta Chimba.

Construída há 34 anos no governo de Wilson Braga, em 1984, a barragem de Capoeira abastece as cidades de Santa Terezinha, Patos e São José do Bonfim.

Os principais afluentes da barragem são rios de Mão D’água, Imaculada e Matureia, regiões onde choveu menos que em Santa Terezinha em 2018.

Segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (AESA) neste domingo (30), o manancial tem 4,64% da sua capacidade total, que é de 53.450.000 milhões de m³.o que corresponde a 2.481.240 m³.

DIÁRIO DO SERTÃO com Blog do Jordan Bezerra

FUTEBOL

VÍDEO: Diário Esportivo traz resumo da 2ª rodada do Paraibano e detalhes da nova contratação do Atlético

COM CHICO CARDOSO

VÍDEO: ‘Briga’ entre Zé Aldemir e Airton, e Tyrone com os Gadelhas são os destaques do Direto ao Ponto

PROGRAMA XEQUE-MATE

VÍDEO: Advogadas tiram dúvidas sobre Previdência Social e criticam atendimento no INSS de Cajazeiras

DIRETO AO PONTO

VÍDEO: Júnior e Jeová começam a ganhar cargos em Cajazeiras e “sinal vermelho foi ligado”, diz colunista