header top bar

section content

Novo comandante do 6º BBM de Sousa fala da expectativa e desafios de trabalhar pela 1ª vez no Sertão

"Pelas informações que foram repassadas para mim, é que quem vêm pro Sertão, não quer retornar para a capital", disse o Major

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

12/03/2019 às 09h42 • atualizado em 12/03/2019 às 09h44

Recém chegado ao comando do 6º Batalhão de Bombeiro Militar da cidade de Sousa, Sertão do estado, o comandante Major Charlton Ribeiro falou sobre a sua expectativa em trabalhar no Sertão.

Ele que já passou pelos batalhões de João Pessoa e Cabedelo.

Segundo Charlton, esse é um desafio em sua carreira: “Minha missão é valorizar a nossa tropa, bem como trabalhar junto com a população que é o nosso publico maior, onde temos a missão de prestar o nossos melhores serviços”, afirmou ele.

Major Charlton, comandante do Corpo de Bombeiros em Sousa

Ainda de acordo com o novo comandante de Sousa, devido a chegada do período chuvoso na região, o trabalho dos bombeiros será sempre de reforçar a prevenção: “Há uma possibilidade de chuvas intensas e para isso vamos trabalhar preventivamente com a capacitação do nosso efetivo também em relação ao período chuvoso, bem como o próximo período típico aqui do Sertanejo que é a parte de escassez d’água… Nós temos aqui na nossa corporação índices estatísticos elevados de fogo em vegetação, e por isso temos que trabalhar a prevenção para justamente nós minimizarmos os nossos índices de ocorrências.”

Ao final da reportagem, o Major Charlton fez um desabafo: “É uma grata satisfação, bem como é um grande desafio e pelas informações que foram repassadas para mim, é que quem vêm para o Sertão, não quer retornar para a capital.”

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

ELITISMO?

VÍDEO: Escolas federais têm segurança, mas as outras são ‘destratadas’, afirma diretor em Cajazeiras

FUTEBOL

VÍDEO: Diário Esportivo fala sobre o Festival de Prêmios do Atlético e do clássico contra o Sousa

MASSACRE DE SUZANO

VÍDEO: Psicóloga fala sobre jogos eletrônicos e ausência da família influenciando tragédias com jovens

O CAMINHO

VÍDEO: Em Pombal, Frei Gilson declara que a Igreja Católica precisa pregar um catolicismo praticante