header top bar

section content

MILAGRE: pela 2ª vez, sertanejo é compatível para doação de medula óssea e ajudará a salvar vidas

A doação de medula óssea é um gesto de solidariedade e de amor ao próximo.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

04/07/2019 às 10h16

Ari Azavedo é natural de Catolé do Rocha, Sertão da PB

Um jovem da cidade de Catolé do Rocha, Sertão do estado, conseguiu um feito raro. Pela 2ª vez, Ari Azevedo é compatível e doará sua medula óssea para salvar uma vida.

Após a morte de seu primo em 2015, Arinaldo Azevedo resolveu se cadastrar no órgão REDOME (Registro Nacional de Doadores de Medula), que funciona como um banco de dados para doadores de Medula Óssea. Depois de alguns meses, ele foi compatível para ser doador, e não poupou esforços e ajudou a quem estava precisando.

Veja também!

+ URGENTE EM SOUSA: menino precisa doação de medula para sobreviver; irmã morreu com a mesma doença

O que ele não esperava era que seria novamente compatível para ajudar. Ari foi novamente selecionado para salvar mais um vida com a doação de sua medula.

Em uma entrevista a um site local, ele afirmou: “Minha meta daqui em diante é quebrar cada vez mais barreiras. Antes de doar, achava que era muito complicado, mais vi que a doação é uma atitude simples e um gesto de solidariedade e amor ao próximo, e acima de tudo, um procedimento muito seguro que não oferece risco nenhum ao doador. Mesmo que não haja compatibilidade imediata com alguém, vale muito a pena”, disse ele.

Agora, Ari criou um canal no Youtube, onde conta a sua história de vida e a ajuda a conscientizar mais pessoas para serem doadoras de medula óssea, e conseguir salvar mais vidas.

Clique aqui e acesse o canal do jovem no Youtube

O transplante
A medula óssea é o órgão que produz as células do sangue e do sistema imunológico (de defesa). O transplante de medula óssea é uma forma de tratamento que renova as células da medula óssea.

Como doar?
Em contato com o Diário do Sertão, a diretora do hemonúcleo de Sousa, Cíntia Tavares, afirmou que as pessoas interessadas em doar podem se dirigir ao hemonúcleo portando o cartão do SUS, RG e um comprovante de residência e devem ter idade entre 18 e 55 anos.

“É feita coleta de apenas 5 ml de sangue no braço. Caso o doador seja compatível com a pessoa que está precisando, são feitos testes e a equipe realiza outros exames para que em seguida aconteça a doação da medula óssea” disse Cíntia.

Salve uma vida
*Tudo seria muito simples e fácil, se não fosse o problema da compatibilidade entre as células do doador e do receptor. A chance de encontrar uma medula compatível é, em média, de uma em cem mil!

*Para o doador, a doação será apenas um incômodo passageiro. Para o doente, será a diferença entre a vida e a morte.

*A doação de medula óssea é um gesto de solidariedade e de amor ao próximo.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

ESTELIONATO

VÍDEO: Após dois golpes em banco de Cajazeiras, advogado mostra como vítimas devem buscar seus direitos

FIQUE POR DENTRO

Radialista sousense fala das condenações de ex-prefeitos e visita da PF na casa de empresário no Sertão

6ª EDIÇÃO DO EVENTO

VÍDEO: Mesa Redonda da Faculdade Santa Maria discute direitos e diversidade humana; veja como participar

VÍDEO

Chico Mendes diz que pode dividir palanque com Cleide e dispara: “Tô pronto para disputar com Paula”